João Pessoa, 23 de maio de 2017 | --ºC / --ºC 02:06 - 2.3 | 08:13 - 0.3 | 14:26 - 2.4 | 20:38 - 0.2 Dólar 3,26 - Euro 3,65

ÚltimaHora

Administrador, pós-graduado em Planejamento Operativo, já atuou na administração pública federal, estadual e municipal. Ocupou por três mandatos o cargo de presidente do CRA-PB e de diretor do Conselho Federal de Administração. Desde 1993 exerce as funções de Diretor Executivo da AETC-JP. Contato: diretorexecutivoaetc@yahoo.com.br

Si(n)m, é criatividade, si(n)m!

Comentários:
publicado em 24/09/2012 às 10h39
A- A+

Não estranhe este “si(n)m” do título, entremeado de um “n” e, por consequência, misturando o advérbio designativo de afirmação (sim) com o substantivo que pode também significar uma marca ou direção (sinal).

Assim escrevemos – “si(n)m” – para homenagear empresa(s) de muita criatividade! Imagine que, ano passado, no tempo natalino, quando constatávamos outras firmas enviando seus cartões de felicitações com algum “kit” ou cesta de natal, eis que chegara a nossas mãos mensagem bem especial de boas festasl
Com tal mensagem viera uma caixa com um par de sandálias (esta com personalização da empresa que oferecera o brinde) e um roupão representativo de um “resort”. Na mensagem estava escrito: “Para você – e acompanhante – está reservada uma diária completa, com tudo incluso, no “resort” cujo nome acha-se inscrito no roupão”.

Que lance de criatividade,hein?!…

Se recebemos, natalinamente, algum brinde tipo cesta de natal ou mesmo um “kit” com produtos típicos dessa época, naturalmente nos manifestamos contentes e agradecidos. Mas, o aguçamento desse sentimento ocorre praticamente só naquele momento… ou quando de sua utilização no caso do brinde estar personalizado.

Entretanto, com essa “boa jogada criativa” de brindar-se com um dia/noite em um “resort”, este (parecendo que previamente combinado com a empresa parceira) para dispensar tratamento “vip” a quem tenha recebido o “presente”, realmente uma ação assim é, si(n)m, uma ação de muita criatividade.
Como já disséramos, recebemos o”brinde” no tempo natalino do ano passado, cabendo-nos escolher a data para nossa estada no “resort”. Ficou, pois, em nossa lembrança, permanente lembrança, aquele oferecimento e respectiva mensagem de natal.

Só neste recente final de semana tivemos a oportunidade para usufruirmos da estada no tal “resort”. E, note, leitor(a), que se aquela “boa jogada criativa” em oferecer-se um brinde natalino já era lembrança permanente em nós, agora, após a estada e tal o tratamento”vip” que foi proporcionado, é para essa lembrança ficar mesmo permanente e como lembrança de uma comemoração.

Um assunto assim, entendemos, pode alguns o considerar inadequado para ser divulgado em espaço como este. Mas, só mussitar, mussitar significando “falar em voz baixa”, não dá! As coisas boas da vida tem de ser anunciadas! Bem anunciadas!
 

Leia Também