João Pessoa, 21 de julho de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Administrador, pós-graduado em Planejamento Operativo, já atuou na administração pública federal, estadual e municipal. Ocupou por três mandatos o cargo de presidente do CRA-PB e de diretor do Conselho Federal de Administração. Diretor Institucional do SINTUR-JP de 1993 a 2016. Consultor em Administração, presentemente exerce as funções de vice-presidente da APCA (Academia Paraibana de Ciência da Administração). Contato: diretorexecutivoaetc@yahoo.com.br

Ricardo com Dilma e Aguinaldo

Comentários:
publicado em 12/11/2012 às 17h31
A- A+

No sábado recente, 10 de novembro, os portais e os jornais da Paraíba muito repercutiram a 16ªReunião do Conselho Deliberativo da SUDENE, realizada na sexta-feira 9, em Salvador/BA. E a foto mais utilizada foi a dos cumprimentos, com abraço, da presidente Dilma Rousseff para com o governador Ricardo Coutinho, sob o olhar e a alegria, espelhada no sorriso, do ministro Aguinaldo Ribeiro.

Face ao conteúdo do noticiário e esse flagrante fotográfico caracterizador da sintonia administrativa entre o Governo do Estado e o Governo Federal, especialmente em um tempo em que a Paraíba tem o privilégio de contar com o paraibano Aguinaldo Ribeiro como ministrodas Cidades, rememoramos o que escrevemos no recente dia 5 sob o título “Prefeituras, Estado: vamos juntos planejar?”.

Agrada-nos, claro, a desenvoltura dos agentes do Governo do Estado, principalmente do governador Ricardo Coutinho, junto aos órgãos federais na busca e consecução dos suportes financeiros necessários ao desenvolvimento paraibano. Agrada-nos, de igual modo, a desenvoltura de alguns prefeitos (atuais e recém-eleitos) pelos caminhos de Brasília e particularmente na busca de apoios junto à nossa bancada no Congresso Nacional. Agrada-nos, também, a desenvoltura e esforço dos próprios integrantes da bancada paraibana no Congresso Nacional em suas articulações para a consecução de recursos financeiros para os municípios de suas respectivas atuações políticas.

Entretanto, preocupa-nos a falta de uma ação, de todos esses agentes políticos, de forma uníssona, para que, especialmente em um tempo em que contamos com o Ministério das Cidades sob a direção de um paraibano (ministro Aguinaldo Ribeiro), possamos integradamente pensar e planejar o Estado e as Cidades como asqueremos.

Tem faltado, sim, planejamento integrado! O Estado tem cuidado de suas ações isoladamente, entendendoque o que tem planejado e executado seja o melhor para o povo paraibano, consequentemente também para cada uma de suas cidades. De outro lado, cada cidade tem “corrido” em busca do que lhe pareça – só para ela – o melhor, sem se preocupar com o que esteja acontecendo ou possa acontecer com sua circunvizinhança. E da parte do Ministério das Cidades a apreciação e apoio aos projetos faz-se caso a caso, cidade por cidade, sem considerar sequer os aspectos dos aglomerados urbanos e/ou de região metropolitana.

Como seria alvissareiro se o Governo do Estado, junto com o Ministério das Cidades, convocando todos os novos prefeitos paraibanos, realizassem, em breve, um Seminário… ou uma grande Reunião, para juntos pensarem o Estado e as Cidades que queremos… ou que precisamos ter, planejando, conjuntamente, as ações para a consecução desse objetivo!…
 

Leia Também