João Pessoa, 19 de janeiro de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
CASO MARIA BEATRIZ

Após assassinato de menina, aulas na Escola Violeta Formiga retornam quinta-feira

Comentários:
publicado em 24/11/2014 às 15h29

Após morte da garota Maria Beatriz de Sousa Santana, 14 anos, que foi baleada, na última sexta-feira (21), no corredor da  Escola Municipal Violeta Formiga, localizada no Bairro de Mandacaru, em João Pessoa (PB), as atividades do educandário retornarão a normalidade na proxima quinta-feira (27). 

Maria Beatriz sofreu três tiros na região do abdêmen e morreu no hospital de Trauma da Capital. Ela foi alvejada por um adolescente de 15 anos, que seria seu ex-namorado. 

Na manhã de hoje, o secretário de Educação e Cultura (Sedec) de João Pessoa, Luiz de Sousa Junior, e o secretário de Segurança Urbana e Cidadania (Semusb), Geraldo Amorim, se reuniram com a diretora, funcionários, especialistas e equipe pedagógica da Escola e com o Conselho Tutelar.

Durante a reunião, ficou decidido que haverá uma equipe da Guarda Municipal de plantão, todos os dias, na própria escola. O secretário Luiz Junior também encaminhou um ofício ao secretário de Segurança e da Defesa Social da Paraíba, Cláudio Lima, solicitando, ainda, a presença permanente da Polícia Militar.

Quanto aos detectores de metais, será feita uma avaliação sobre sua eficácia e legalidade nas escolas. Será dado também o reforço de especialistas como psicólogos e assistentes sociais na unidade de ensino, especialmente com a nomeação dos concursados.

Na manhã dessa terça-feira (25) haverá uma reunião com a comunidade escolar, pais e alunos. Já na quarta-feira (26) será realizado um culto ecumênico às 16h. 

MaisPB 

Leia Também