João Pessoa, 01 de dezembro de 2014 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
INDEPENDENTE

Renato Gadelha diz que papel da AL não se resume a carimbar tudo do Executivo

Comentários:
publicado em 01/12/2014 às 15h59

O deputado eleito, Renato Gadelha (PSC), declarou, nesta segunda-feira (1), que não vai fazer ‘oposição sectária’ ao governador Ricardo Coutinho (PSB) e deve votar no que for bom para o Estado. Para Renato Gadelha, o papel da ALPB não ser resume a “carimbar” o que vem do governo.

“Nós devemos lutar para que esse poder seja independente. Porque se você fica apenas carimbando o que vem do que vem do executivo, nós não vamos desempenhar um bom papel na Assembleia Legislativa. Nós temos que nos contrapor e escolher o que for melhor para o povo e não o que seja melhor para o governo”, afirmou.

Gadelha disse ainda foi procurado pelos dois lados em relação à Presidência da Assembleia Legislativa e deve votar em um candidato que torne o Poder Legislativo independente.

“Já apareci em lista de um, lista de outro. Continuamos conversando. A eleição é pessoal. A Paraíba tem essa mania de querer antecipar as eleições. Terminou a de governador já entramos na de Assembleia e na de prefeito”, disse Renato Gadelha acrescentando:

Quando a sua posição na Casa Epitácio Pessoa, Renato Gadelha disse que seguirá orientação da bancada e dos companheiros, mas estarei sempre livre para votar em qualquer uma das propostas que cheguem ao parlamento e que eu ache que seja a mais legítima.

Roberto Targino – MaisPB

Leia Também