João Pessoa, 01 de maio de 2017 | --ºC / --ºC 01:43 - 0.5 | 08:06 - 2.3 | 14:26 - 0.5 | 20:49 - 2.1 $ Dólar 3,17 - € Euro 3,46

ÚltimaHora

Administrador, pós-graduado em Planejamento Operativo, já atuou na administração pública federal, estadual e municipal. Ocupou por três mandatos o cargo de presidente do CRA-PB e de diretor do Conselho Federal de Administração. Desde 1993 exerce as funções de Diretor Executivo da AETC-JP. Contato: diretorexecutivoaetc@yahoo.com.br

Dia do Administrador

Comentários:
08/09/2013 às 13h21
A- A+

 Há quarenta e oito anos foi sancionada a Lei Federal 4.769, exatamente em 9 de setembro de 1965, reconhecendo e regulamentando a profissão de Administrador, no Brasil. E estabeleceu que teriam, como têm, registro profissional nessa atividade os que concluem o curso de graduação em administração. Esse registro, assim como a fiscalização do exercício profissional, caberiam, como cabem, aos Conselhos Regionais de Administração igualmente criados no bojo daquela mesma Lei Federal.

Esses Conselhos Regionais – CRA no singular e CRAs no plural – também teriam, como têm, a missão de propugnarem pela valorização dos profissionais dessa área, os Administradores.

Convém de logo ressaltarmos, portanto, que originalmente esta profissão nascera com a denominação de Técnico de Administração. Todavia, para que não se a confundisse como de nível médio, vez que já existiam nesse nível médio, por exemplos, os técnicos de contabilidade, técnicos agrícolas e técnicos industriais, logo logo teve alterado seu nome para Administrador. E aqui se insere a pergunta: essa denominação, tão abrangente, foi mesmo estratégica, convincente e correta?!
Ou no sim ou no não, fato é que ao longo de todo esse tempo a denominação profissional é mesmo Administrador. E nisso há uma das mais difíceis missões dos CRAs que é a de evitar que se utilize indevidamente a denominação Administrador, como, por exemplos, administrador de fazenda, administrador de cemitério, administrador de mercado,, etc. E tem ainda a denominação de administrador municipal que os Tribunais de Contas aplicam em relação aos prefeitos!…

Para diferençar-se profissionalmente, há Estados em que os CRAs divulgam este profissional de administração como Administrador de Empresas. Em outros a denominação mais prevalecente, na divulgação, é de Administrador Profissional. Sabemos todos, porém, que oficialmente, como contido na Lei, a denominação é simplesmente Administrador. Mas, muito nos anima e entusiasma a presente fase do CRA-PB, atualmente presidido pelo administrador Francisco de Assis, que, com seus demais diretores e Conselheiros, assim como com seu dedicado e competente corpo profissional, demonstram estar imbuídos dessa consciência de que prioritariamente cabe ao Conselho Regional promover a valorização profissional dos Administradores nele registrados, isto através de ações como as desta Semana do Administrador 2013, tendo por locais João Pessoa e Campina Grande, e em cuja programação consta, também, uma palestra/monólogo “Um líder servidor”. São ações que justificam, por parte da classe, parabéns ao CRA-PB! E parabéns igualmente, claro, para todos os Administradores Profissionais da Paraíba!

Leia Também