João Pessoa, 01 de maio de 2017 | --ºC / --ºC 01:43 - 0.5 | 08:06 - 2.3 | 14:26 - 0.5 | 20:49 - 2.1 $ Dólar 3,17 - € Euro 3,46

ÚltimaHora

Jornalista desde 2007 pela UFPB. Filho de Marizópolis, Sertão da Paraíba. Colunista, apresentador de rádio e TV. Contato com a Coluna: heroncid@gmail.com

Cartão vermelho

Comentários:
05/11/2013 às 11h15
A- A+

Sinceramente, só a mesquinhez tão presente no cotidiano da Paraíba é capaz de gastar tempo auferindo numa balança da politicagem quem fez mais ou menos pelo título do Botafogo, conquistado brilhantemente e com todos os méritos nesse domingo no Almeidão.

Ao invés da celebração ao esforço da equipe que foi a campo, a superação da diretoria e o papel de estímulo da torcida, assistimos a uma competição deprimente, boba, miúda e inócua entre aliados e auxiliares do prefeito Luciano Cartaxo e do governador Ricardo Coutinho.

Pra completar, a diretoria do time, que deveria estar acima dessas querelas, se envolveu na questão e conseguiu a proeza de empurrar o Clube numa crise, exatamente um dia após um título inédito. Feito mais improvável do que a desacreditada campanha positiva do alvinegro na Série D.

Todos sabem da colaboração decisiva e contínua da Prefeitura da Capital ao Clube durante todo o ano 2013. Não se deve, porém, ignorar os investimentos do Governo do Estado na ampla reforma do Almeidão, que não deixa de ser uma ajuda também. Nem uma e nem outra coisa pode, contudo, ser maior que o feito do time.

A má condução da diretoria, que almoçou com Ricardo na Granja e horas depois excluiu Cartaxo da entrega das medalhas, foi um gol contra. Com habilidade, poderia ter dado a César o que é de César, respeitado ambos e evitado constrangimentos. Pra piorar, em represália às queixas de Cartaxo cancelou ontem homenagem dos atletas ao prefeito.

O que era ontem pra ser um dia só de festa e comemoração de toda a cidade terminou virando uma data em que o fantasma da nossa mediocridade conseguiu a proeza de fazer da sonhada e suada façanha do “Belo” um espetáculo feio.

*Artigo publicado na coluna do jornalista Heron Cid no Correio da Paraíba, edição do dia 05/11/2013 (terça-feira).
 

Leia Também