João Pessoa, 28 de abril de 2017 | --ºC / --ºC 05:32 - 2.6 | 11:41 - 0.0 | 17:58 - 2.6 $ Dólar 3,17 - € Euro 3,45

ÚltimaHora

Jornalista desde 2007 pela UFPB. Filho de Marizópolis, Sertão da Paraíba. Colunista, apresentador de rádio e TV. Contato com a Coluna: heroncid@gmail.com

Blocão tem pressa

Comentários:
04/12/2013 às 16h59
A- A+

Diante da inquietude interna e das pressões externas, o Blocão (PT/PSC/PP) não quer mais perder tempo. Até o final do mês, as legendas sentam para se debruçar sobre nomes indicados pelos partidos. A tarefa é identificar entre as opções a mais viável para encarnar a difícil missão de apresentar uma terceira candidatura ao governo.

Refém da tese amplamente difundida de uma nova proposta administrativa para o Estado, o Blocão sabe que recuar, a esta altura, será levar a opinião pública a interpretar todos os movimentos como puro blefe ou jogo de cena que colocaria o agrupamento na mesma vala da politicagem.

Esteira que ajudou a catapultar a eleição de Luciano Cartaxo em João Pessoa, o grupo tem o desafio de estender ao Estado a concretização do discurso que valeu para a Capital, quando esse segmento ignorou os cacifes de Cícero Lucena, PSDB, e José Maranhão, PMDB, e se aventurou numa postulação alternativa. E deu certo.

A corrente interna majoritária, principalmente formada por próceres petistas, defende o urgente lançamento da candidatura. Uma estratégia para conter eventual debandada para candidatura de Veneziano Vital ou até do governador Ricardo Coutinho. O nome posto no debate funcionaria como retroalimentação do Blocão.

Mas nem tudo são flores. Antecipar essa definição para agora tem lá seus efeitos colaterais. O nome escolhido pode começar a ser bombardeado precocemente por adversários públicos e ocultos. E o que era pra ser uma novidade no processo já chegará às vésperas das convenções avariado.

Talvez, para uma candidatura com o perfil e as características pleiteadas pelo Blocão, o fator surpresa não pode ser ignorado. Quando surgisse, entraria no vácuo da queda de braço PSB e PMDB. Apressar ou adiar, eis a questão.
 

*Artigo publicado na coluna do jornalista no Correio da Paraíba, edição do dia 03/12/2013 (terça-feira).

Leia Também

PP-PT-PSC

Aguinaldo diz que blocão tem apoio de Dilma e fala como candidato para 2014

Diante da inquietude interna e das pressões externas, o Blocão (PT/PSC/PP) não quer mais perder tempo. Até o final do mês, as legendas sentam para se debruçar sobre nomes indicados […]

NA CÂMARA

Após derrotas do governo, 77 deputados deixam ‘blocão’

Diante da inquietude interna e das pressões externas, o Blocão (PT/PSC/PP) não quer mais perder tempo. Até o final do mês, as legendas sentam para se debruçar sobre nomes indicados […]