João Pessoa, 17 de janeiro de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
AIJE DA PRE

‘Governo não praticou crime na campanha’, afirma advogado de Ricardo

Comentários:
publicado em 17/12/2014 às 17h55

O advogado Fábio Brito, da coligação “A Força do Trabalho”, encabeçada pelo governador reeleito Ricardo Coutinho (PSB), afirmou, nesta quarta-feira (17), em entrevista ao Portal MaisPB, após a Procuradoria Regional Eleitoral da Paraíba (PRE-PB) ajuizar Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) contra Ricardo e sua vice, Lígia Feliciano (PDT), por suposto abuso de poder político e econômico nas eleições estaduais deste ano, que o "Governo do Estado não praticou nenhum crime na campanha".

A ação pede a apuração sobre supostas irregularidades no programa Empreender Paraíba e em contratações e demissões de servidores públicos no período da campanha.

“Apenas reafirmo que nenhuma ação administrativa do Governo teve qualquer tipo de viés eleitoreiro. Ao contrário, o governador Ricardo Coutinho sempre combateu e condenou práticas nesse sentido”, afirmou.

Além de Ricardo e Lígia, a AIJE atinge também o superintendente do Empreender Paraíba, Francisco César; a secretária estadual da Educação, Marcia Lucena; o secretário de Saúde, Waldson Sousa; o secretário estadual do Turismo, Renato Feliciano; e Antônio Eduardo Albino de Moraes Filho.

A ação é encabeçada pelo procurador regional eleitoral, Rodolfo Alves, e conta com o apoio de cerca de 70 promotores eleitorais.

Cristiano Teixeira – MaisPB

Leia Também