João Pessoa, 29 de maio de 2017 | --ºC / --ºC 00:36 - 0.3 | 06:56 - 2.5 | 13:11 - 0.2 | 19:34 - 2.3 Dólar 3,26 - Euro 3,65

ÚltimaHora

Administrador, pós-graduado em Planejamento Operativo, já atuou na administração pública federal, estadual e municipal. Ocupou por três mandatos o cargo de presidente do CRA-PB e de diretor do Conselho Federal de Administração. Desde 1993 exerce as funções de Diretor Executivo da AETC-JP. Contato: diretorexecutivoaetc@yahoo.com.br

A indignação de Heron Cid

Comentários:
publicado em 18/05/2014 às 10h15
A- A+

Qual ouvinte da rádio Correio 98 FM, qual telespectador da TV Correio ou qual leitor(a) do jornal Correio da Paraíba que não conhece Heron Cid?!

Desde quando estreou no programa radiofônico Correio Debate por indicação e/ou convite do outro competente jornalista Ruy Dantas, desde ali Heron Cid demonstrou ser um Profissional com P maiúsculo, daqueles que chegam para ficar… e ganhar o respeito e admiração de todos quantos o ouçam, assistam-no ou o leiam.

É isto tudo mesmo, vez que Heron Cid hoje tem participações importantíssimas, em seu dia a dia, no rádio (Correio Debate), na televisão (Jornal da Correio) e no jornal impresso do mesmo sistema (o Correio da Paraíba)! E devemos não omitir que as opiniões de Heron são lidas também no portal MaisPB!

Quando, então, um jornalista com a credibilidade de Heron Cid faz um comentário em que enfatiza tanta indignação em relação a determinado fato, essa sua manifestação repercute muitíssimo, como ocorreu na sexta-feira (16), pelas 13 horas, no programa radiofônico Correio Debate!…

Heron Cid posicionou-se indignado com a postura dos políticos que se pronunciaram sobre a presença da presidente Dilma Rousseff, em evento que aconteceu no Forrok, pronunciamentos estes só de elogios ao atual governo federal e principalmente de agradecimentos pelo que a dirigente máxima do país “tem feito pela Paraíba”. Heron Cid, como que pretendendo que sua voz chegasse aos ouvidos da presidente Dilma, enfatizou: “Acredite não, presidente! Isso tudo é enganação ou só bajulação! Seu governo está com uma grande dívida para com a Paraíba! E o povo paraibano, diferente desses políticos, está consciente disto!”.

De nossa parte não sabemos como nasceu esse nome Heron Cid. Há quem pense que a pretensão foi mesmo a de lembrar dois grandes nomes do jornalismo nacional: Heron Domingues e Cid Moreira. E que essa lembrança ou homenagem surgiu não apenas pelas marcantes vozes desses dois apresentadores de programas noticiosos do rádio e da TV. Heron Domingues imortalizou-se como “o Repórter Esso”. Cid Moreira como apresentador do Jornal Nacional. A voz de Heron Cid parece uma junção das vozes daqueles dois.

Entretanto, Heron Cid, especialmente pelo desabafo expresso na sexta-feira 16 de maio, conquistou, proporcionalmente, aqui na Paraíba, bem mais reconhecimento e respeito profissional que aqueles dois grandes do cenário nacional que o seu nome juntou. E a repercussão foi tamanha, como bem caracterizada no telefonema de um ouvinte: “Você, Heron, disse o que os paraibanos queríamos dizer!”.

Leia Também

error: Conteúdo protegido!