João Pessoa, 15 de fevereiro de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
HOMICÍDIO DE POLICIAL

Corregedor diz que PM morto não tinha condições de ficar na PM

Comentários:
publicado em 15/02/2019 às 09h33
atualizado em 18/02/2019 às 10h52
A- A+

Com 13 punições disciplinares em apenas oito após seu ingresso na Polícia Militar, o soldado David Cristiano, assassinado em um bar na madrugada desta quinta-feira não tinha condições de permanecer integrado à corporação. Essa é avaliação do corregedor-geral da PM, coronel Severino do Ramo Gerônimo.

Leia Também