João Pessoa, 16 de janeiro de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
operação verão

Bombeiros realizaram 1,8 mil atendimentos

Comentários:
publicado em 16/01/2019 às 17h16
atualizado em 16/01/2019 às 18h26

O esquema especial montado pelo Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba (CBMPB) para prevenir acidentes aquáticos no período de férias já resultou em 1.861 atendimentos de prevenção ou emergência. Os dados dizem respeito ao período de 11 de dezembro, quando foi lançada a Operação Verão em todo o estado, até esta terça-feira (15).

Conforme o levantamento, tiveram destaque as ações proativas, como a prestação de informações ao público (967), advertências (750) e distribuição de pulseiras de identificação (54) – somando 1.771 intervenções. Já na parte operacional, os bombeiros realizaram quatro resgates aquáticos, que é quando a vítima está em situação de iminente afogamento e é retirada da água antes que venha a se afogar.

Também foram realizados 63 atendimentos relacionados a acidentes com animais marinhos, quatro salvamentos de pessoas que se afogaram e não vieram a óbito, dois afogamentos com óbitos, uma busca a cadáver e 156 casos de crianças perdidas que foram devolvidas aos responsáveis.

A Operação Verão segue reforçando, até o fim do Carnaval, o efetivo de guarda-vidas nas praias do litoral paraibano – abrangendo a faixa de Barra de Camaratuba a Acaú – limites com os estados do Rio Grande do Norte e Pernambuco, respectivamente. Nessa área, serão empregados até 64 bombeiros exclusivamente no serviço de praia – auxiliados por oito embarcações. Dentro do efetivo empenhado estão também mergulhadores que são preparados para atuar na busca e resgate de vítimas em ambientes subaquáticos.

Confira as dicas de prevenção e cuidados para frequentadores de praias:

1. Busque áreas protegidas por guarda-vidas (ver relação abaixo);

2. Mantenha atenção constante em crianças, idosos e portadores de necessidades especiais;

3. Evite o uso de boias e flutuadores, eles causam uma falsa sensação de segurança;

4. Nunca tente salvar alguém, muitas pessoas morrem dessa forma, acione o Corpo de Bombeiros pelo 193;

5. Evite mergulhar na água de cabeça em locais rasos ou de profundidade desconhecida;

6. Evite nadar próximo da área de trafego de embarcações, ou em locais destinados a prática de esportes aquáticos (surfe, stand up, kite surf, etc);

7. Leve as crianças perdidas para o posto de guarda-vidas mais próximo;

8. Evite ingerir bebidas alcóolicas e alimentos pesados antes de entrar na água.

MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também