João Pessoa, 11 de janeiro de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
no México

Luta contra o tráfico de gasolina provoca escassez

Comentários:
publicado em 11/01/2019 às 16h48
A- A+

Nos últimos dias, os motoristas da capital veem os postos de gasolina fecharem, um após o outro, por falta de gasolina. E aqueles que ainda continuam abertos estão sendo invadidos pelos motoristas. Mas eles têm que ficar na fila por uma ou duas horas antes de poderem reabastecer, enquanto outros motoristas a pé esperam sua vez de encher os latões de combustível.

Consequência de um plano para combater o roubo de combustível

A escassez é consequência do novo plano implementado pelo presidente, López Obrador, para combater o roubo de combustível. Trata-se de um tráfico lucrativo para o crime organizado, que há anos vem perfurando oleodutos para bombear petróleo, ou roubando os veículos da Pemex, empresa pública mexicana que transporta gasolina.

O governo decidiu fechar alguns oleodutos e aumentar o número de caminhões-tanques, agora escoltados pela polícia ou pelo Exército. Isso faz com que a entrega de gasolina aos centros de distribuição se torne mais lenta.

Movimento de pânico

As medidas do governo mexicano provocam a escassez de combustível, amplificada por um movimento de pânico de motoristas, que correram para os postos e bombas de gasolina. As estações de serviço, portanto, viram suas reservas se esgotarem rapidamente, sem possibilidade de reposição imediata, dado o número insuficiente de caminhões-cisternas, veículos responsáveis por transportar o combustível até o local.

RFI

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também