João Pessoa, 09 de janeiro de 2019 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
califórnia

Pet shops só podem vender animais vindos de abrigos

Comentários:
publicado em 09/01/2019 às 10h30
A- A+

Lojas de animais de estimação da Califórnia, nos Estados Unidos, não poderão mais vender cães, gatos e coelhos, a menos que eles venham de abrigos ou tenham sido resgatados. Sancionada pelo governador Jerry Brown em outubro de 2017, a lei entrou em vigor no dia 1º de janeiro deste ano, após tempo para adaptação das lojas.

A medida quer acabar com a procriação de pets para venda, realizada pelas chamadas “fábricas de filhotes”, que “abrigam os animais em condições de superlotação, sem higiene, sem alimentação adequada, sem socialização nem cuidados veterinários”, segundo texto da lei divulgado pelo ‘Globo’.

Os estabelecimentos que descumprirem a lei podem ser multados em até 500 dólares (cerca de R$ 1.860) por animal irregular.

O estado é o primeiro a impor esse tipo de proibição nos Estados Unidos. Washington, Nova York e Nova Jersey também estão trabalhando em regras semelhantes para a proteção dos animais. Contudo, mais de 250 municípios em todo o país já possuem regras que limitam a procriação comercial de gatos e cães.

Notícias ao Minuto

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também