João Pessoa, 20 de outubro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
NOVO GOVERNO

Ricardo alerta aliados que fato de trabalhar na campanha não assegura emprego

Comentários:
publicado em 26/12/2014 às 14h07

O governador Ricardo Coutinho (PSB) confirmou durante entrevista no sertão paraibano, que irá demitir servidores comissionados para enxugar a máquina pública, como foi anunciado na última segunda-feira (22). “Se tem duas pessoas com cargos comissionados fazendo a mesma coisa, não é possível, uma vai ter que fazer o serviço. Pra quer duas, ou três ou cinco. Então, isso chama racionalização da máquina. Quero deixar o Estado mais enxuto para que ele funcione melhor e para que a gente possa expandir os serviços”, afirmou.

Ele também alertou aos aliados e correligionários, que o fato de terem trabalhado durante a campanha eleitoral não assegura emprego no governo.

“Para trabalhar é preciso ter paixão pelo que faz, compromisso. Ninguém pode ficar acomodado. Se alguém num cargo do governo achar que participei da campanha foi ficar acomodado eu digo com muita clareza: procure fazer outra coisa, porque aqui dentro do governo não. Dentro do governo eu quero gente compromissado, gente que possa mais do que nunca se alto exigir para prestar um melhor serviço a população. É assim que funciona”, afirmou.

Na última segunda-feira (22), o governador anunciou o fim de secretarias e a fusão de outras. Segundo ele, a medida diminuirá mais 300 cargos estratégicos vamos.

Na oportunidade, Ricardo afirmou que pretende realizar um corte de no mínimo de 10% nos cargos comissionados, o que, segundo ele, vai gerar uma economia de R$ 25 milhões nos gastos com folha de pessoal.

O governador acrescentou que vai exigir muito de sua futura equipe de governo para que o sentimento de determinação e crescimento do Estado não caiam.

MaisPB

Leia Também