João Pessoa, 22 de setembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
RÉVEILLON

Mais 1500 policiais reforçam segurança no final de ano na PB

Comentários:
publicado em 27/12/2014 às 10h11

 
A Polícia Militar lança neste sábado (27), às 20h, no Busto de Tamandaré, em João Pessoa, a Operação Réveillon, que conta este ano com um reforço de 1.500 policiais militares para complementar a segurança até o dia 2 de janeiro. Serão usados policiais de todas as unidades operacionais, além das bases de monitoramento móvel da corporação, que acompanharão em tempo real o movimento onde há maior fluxo de pessoas por causa da virada do ano.

Apesar de ser voltada para a segurança dos festejos do dia 31, a operação traz um reforço para a segurança do sábado até o dia 2 de janeiro, com a realização de blitzen, bloqueios, abordagens e rondas em vários pontos do Estado. A medida tem o objetivo de prevenir a ocorrência de crimes no período, assim como garantir a segurança no trânsito.

Só na Região Metropolitana de João Pessoa, são 400 policiais a mais por dia. Na virada do ano, eles reforçarão a segurança das cidades de Alhandra, Pitimbu, Baía da Traição, Conde, Caaporã, Lucena, Conde, Santa Rita, Cabedelo e na capital.

No Réveillon de João Pessoa, que conta com várias atrações musicais, a Polícia Militar vai utilizar um reforço de 200 policias, várias viaturas e uma base de monitoramento com 12 câmeras de longo alcance, acompanhando em tempo real toda movimentação das pessoas que vão prestigiar a virada do ano nas Praias do Cabo Branco e Tambaú. Na cidade terá reforço também nos locais de programação religiosa.

Na praia de Intermares, cidade de Cabedelo, haverá um incremento de 70 policiais militares a pé e em viaturas. Em Campina Grande, a Polícia Militar ocupará com rondas todo entorno da Avenida Severino Cruz, próximo ao Açude Velho, onde geralmente as pessoas se reúnem para festejar a passagem do ano.

No Sertão do Estado, as rondas serão intensificadas por causa do trânsito e também das residências que ficam fechadas durante o período, já que muitas pessoas aproveitam para viajar.

MaisPB com Secom PB

Leia Também