João Pessoa, 11 de dezembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
REDE SOCIAL

Facebook é acusado de bisbilhotar mensagens de usuários

Comentários:
publicado em 27/12/2014 às 16h55

 Uma ação coletiva movida na Califórnia, Estados Unidos, acusa o Facebook de violar a privacidade dos usuários e escanear o conteúdo de mensagens enviadas com objetivos publicitários. O juiz Phyllis Hamilton, da corte de San Jose, negou o pedido da rede social de arquivar o processo.

A ação foi registrada em 2013 e alega que o conteúdo de mensagens privadas enviadas entre usuários foi interceptado, com o objetivo de reunir dados para melhorar o algoritmo de marketing e contar esses links como curtidas em algumas páginas. Elas então eram usadas para compilar perfis de usuários que seriam utilizados para enviar propaganda direcionada a cada um dos grupos.

Segundo a empresa o escaneamento estaria protegido por uma exceção no Ato de Privacidade em Comunicação Eletrônica, que permitia que as interceptações fossem realizadas, desde que ligadas à natureza dos negócios da companhia. O juiz declarou que “o Facebook não explicou de maneira satisfatória como a acusação pode ser caracterizada parte da natureza do seu negócio”.

A acusação alegou que a prática viola a lei federal dos Estados Unidos e da Califórnia. O processo deve acontecer no próximo ano.

Reuters

Leia Também