João Pessoa, 11 de dezembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
JOÃO PESSOA

Lojas e bancos lideram ranking de notificações do Procon

Comentários:
publicado em 29/12/2015 às 17h21

 O setor de Fiscalização da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) fechou 2014 com 1.458 notificações a estabelecimentos comerciais e empresas prestadoras de serviços na Capital. Dessas, 239 se transformaram em autos de infração, que redundaram em processos que estão tramitando na Consultoria Jurídica da Secretaria.

Lojas em geral foram as que mais receberam a advertência, com 377 documentos, bancos e financeiras (261); escolas, cursos e universidades (233); clínicas e planos (88); postos de combustíveis (38), supermercados (24), notificações em geral (232); notificações por AR (enviadas pelos Correios) 205.

O setor de fiscalização do Procon-JP trabalha diretamente com as denúncias oriundas do consumidor, o que pode ocorrer através de ligação telefônica, no momento da compra, por exemplo, ou através de denúncia formal, na sede do órgão. 

As notificações emitidas pela fiscalização da Secretaria foram divididas por pastas: lojas (377); bancos e financeiras (261); escolas, cursos e universidades (233); clínicas e planos (88); postos de combustíveis (38), supermercados (24), notificações em geral (232); notificações por AR (enviadas pelos Correios).


MaisPB com SecomJP

Leia Também