João Pessoa, 06 de dezembro de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
ARAPUAN VERDADE

Bruno revela bastidores da saída do SD

Comentários:
publicado em 06/12/2018 às 14h45
atualizado em 06/12/2018 às 17h16

O deputado estadual Bruno Cunha Lima revelou, na tarde desta quinta-feira (6), bastidores de sua saída  do Solidariedade e disse não ter ainda legenda definida para filiação.

Em entrevista ao Programa Rádio Verdade, da Rádio Arapuan FM, o parlamentar revelou que a intenção do partido era que o vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior, comandasse a legenda na região metropolitana da Capital, e ele na região metropolitana de Campina Grande.

Ainda havia proposta para que os dois se revezassem na direção estadual da sigla. A proposta foi debatida com o presidente nacional da legenda, Paulinho da Força, que veio à Paraíba, o que foi rejeitado por Bruno.

“Isso não me atende. Não é o fato de ser presidente, mas sim, do partido poder representar as minhas aspirações para a política que são muito firmes. Respeito o vice-prefeito Manoel Júnior, mas temos percepções distintas da política. Não havendo essa possibilidade de criar essa composição, e para evitar problemas futuros antecipei a minha saída e deixei o partido à vontade para que possa convidar o vice-prefeito Manoel Júnior a assumir”, explicou.

Bruno explicou que já conversou com Manoel Júnior e deixou todas as portas abertas para ele presidir o SD. “Eu disse a ele que não vai encontrar em mim nenhuma resistência. O partido está à sua disposição. Caso precise de senha não tem nenhum problema”, destacou.

Roberto Targino – MaisPB

Leia Também