João Pessoa, 12 de outubro de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
EM SOBRADO

PRF prende homens com carro extraviado

Comentários:
publicado em 12/10/2018 às 15h28
atualizado em 13/10/2018 às 09h55

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu, na noite desta quinta-feira (11), em Sobrado, três homens com documentos falsos, cartões de crédito e um carro extraviado de uma locadora de veículo.

De acordo com a PRF, o veículo de modelo Renaut Logan, de cor brata, foi abordado no Km 69 da BR-230.

O condutor, de nome Francimadson, apresentou um CRLV estraviado do  Detran de Pernambuco com indício de adulteração e RG falso com os dados dos seu próprio irmão, Francimário, que também estava no carro.

Ele informou à PRF que pagou a quantia de R$200,00 a um cidadão morador da cidade de Bayeux. O CRLV também foi entregue ao Francimadson pela mesma pessoa que também lhe vendera o carro pela quantia de R$7 mil.  Também informou que já foi preso por assalto e que estava utilizando tornozeleira eletrônica e há três  meses a quebrou e jogou fora.

No momento da abordagem o passageiro que se atribui o nome de Adriano, também apresentou RG falso e informou que comprou por R$200  ao mesmo homem, e que exerce a função de vendedor de cesta básica. Por último informou que tem passagem por assalto e não soube precisar sua situação com a justiça atualmente.

No veículo também estava presente o verdadeiro Francimário, que foi  conduzido à delegacia como testemunha dos fatos narrados, e de que o seu irmão, estava utilizando seus dados no RG com indícios de falsidade.

Também foi encontrado no veículo  duas folhas de cheque cada uma no valor de R$10 mil,  três cartões de crédito no nome de Lara MCL, todos do banco Bradesco. Nenhum dos ocupantes quis informar a origem dos cartões e dos cheques.

O veículo apreendido com o documento falso pertence à locadora Movida S.A, e após identificação veicular, não foi apresentado nenhum indício de adulteração. A princípio o veículo foi alugado por uma terceira pessoa que os envolvidos não sabem quem é e que o mesmo fornecedor dos documentos falsos, após receber esse carro, vendeu aos envolvidos, mesmo sem ser o dono do automóvel.

MaisPB

Leia Também