João Pessoa, 04 de outubro de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
NO DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO

Policial morto em fuga no PB1 é promovido

Comentários:
publicado em 04/10/2018 às 10h54
atualizado em 04/10/2018 às 15h27

O Governo do Estado da Paraíba promoveu ao posto de capitão, o tenente da Polícia Militar Erivaldo Moneta da Silva, 36 anos, que morreu ao ser baleado em tiroteio com criminosos após a fuga de 92 apenados do presídio de Segurança Máxima PB1, em João Pessoa.

O ato governamental da promoção post-mortem foi publicado na edição do Diário Oficial do Estado, nesta quinta-feira (4).

A proposta da promoção foi do comandante-geral da Polícia Militar da Paraíba, coronel Euller Chaves e é retroativo a 10 de setembro, data em que o policial foi morto.

Erivaldo Moneta tinha seis anos de serviço na Polícia Militar e era natural de Recife, onde foi enterrado. Ele deixou um filho de dois meses.

MaisPB

Leia Também