João Pessoa, 02 de outubro de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
conduta vedada

MPE apura ‘abuso de poder’ no Empreender

Comentários:
publicado em 02/10/2018 às 06h08
atualizado em 02/10/2018 às 11h47

O Ministério Público Federal instaurou um Procedimento Preparatório Eleitoral para apurar possíveis irregularidades no programa Empreender Paraíba. A medida foi publicada na edição desta terça-feira (02) do Diário Extrajudicial Eletrônico do Órgão.

De acordo com a portaria, assinada pelo procurador regional eleitoral, Victor Veggi, a medida visa apurar possível prática de conduta vedada e abuso de poder levando em conta um auditoria realizada pelo Tribunal de Contas do Estado.

A partir de agora, o MPF tem 60 dias para finalizar ou prorrogar o prazo de investigação do procedimento.

Ontem, a Justiça suspendeu de forma imediata o programa levando em conta também a auditoria do Tribunal de Contas do Estado. O Governo contestou o despacho, mas afirmou que vai cumprir e recorrer da decisão.

MaisPB

Leia Também