João Pessoa, 30 de setembro de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
no Rio

São Paulo não é mais líder do Campeonato Brasileiro

Comentários:
publicado em 30/09/2018 às 18h55
atualizado em 30/09/2018 às 18h57
Nenê, do São Paulo, disputa bola com defensores do Botafogo Gazeta Press

O São Paulo não é mais líder do Campeonato Brasileiro. Neste domingo, a equipe foi até o Rio de Janeiro e ficou no empate em 2 a 2 com o Botafogo e, com as vitórias de Palmeiras e Internacional, caiu para a terceira colocação.

O jogo começou quente no Nilton Santos. Tanto é que, em menos de dez minutos, o jogo já estava 1 a 1, com gols de Jean para o Botafogo e Diego Souza para o São Paulo. Depois disso, o ritmo da partida diminuiu, mas o time da casa tomou a ponta do placar aos 24, com Kieza, após os zagueiros da equipe paulista baterem cabeça. O camisa 9 botafoguense já passou pelo São Paulo, mas não fez muito sucesso.

Na volta para a segunda etapa, a partida foi bem menos intensa. Melhor para o time visitante, que conseguiu o empate com Gonzalo Carneiro. No último lance do jogo, a equipe quase virou, com Diego Souza, mas Saulo fez uma grande defesa.

O empate acabou não sendo bom para ninguém. Isso porque os botafoguenses encerraram a sequência de vitórias e perderam a chance de se aproximar um pouco mais do pelotão da frente, ficando com 33 pontos. Já para os são paulinos, fica a frustração de perder a liderança, já que, com 52 pontos, foi ultrapassado por Palmeiras e Internacional.

Na próxima rodada, as duas equipes têm clássicos estaduais pela frente. Novamente dentro de casa, o Botafogo encara o Vasco apenas na terça-feira, dia 9 de outubro. Três dias antes, no sábado, o São Paulo encara ninguém menos do que o líder Palmeiras no Morumbi.

O JOGO

O primeiro tempo começou elétrico. Logo aos quatro minutos, após cobrança de escanteio pela direita, Rodrigo Lindoso desviou na primeira trave, e Jean completou para o gol, abrindo o placar para o Botafogo. O time da casa, no entanto, teve pouco tempo para comemorar.

O São Paulo precisou de apenas três minutos para reagir e chegar ao empate. Após Nenê arriscar chute de longe, a bola desviou duas vezes na zaga botafoguense e caiu no pé esquerdo de Diego Souza, que girou dentro da área e bateu rasteiro, sem chances para Saulo.

Quando a equipe paulista dava mostras de que passaria a controlar o jogo, o Botafogo retomou a frente no marcador. Aos 24 minutos, após lançamento na área do São Paulo, Kieza ganhou de Anderson Martins, tabelou com Erik e tocou na saída de Sidão. O Tricolor rondou a área carioca antes do intervalo, mas não conseguiu anotar o gol de empate.

Sem substituições, o São Paulo voltou apático para a etapa complementar. Tanto que o Botafogo começou melhor, trocando passes no campo de ataque. Aos seis minutos, Igor Rabello quase ampliou de cabeça. Diego Aguirre, então, promoveu a entrada de Gonzalo Carneiro no lugar de Edimar, recuando Reinaldo para a lateral esquerda.

A alteração funcionou, e o atacante uruguaio empatou aos 16 minutos, aproveitando rebote mal dado por Saulo em cobrança de falta fechada de Reinaldo pela direita. Foi o primeiro gol dele com a camisa tricolor. Já com Liziero na vaga do cansado Bruno Peres, Rojas exigiu grande defesa de Saulo em chute de fora da área.

Aos 33 minutos, Carneiro recebeu na esquerda e bateu cruzado, tirando tinta da trave rival. Aguirre ainda tirou Nenê para colocar Rodrigo Caio. No último lance, aos 48 minutos, o São Paulo teve a bola do jogo, mas Saulo defendeu dois chutes à queima-roupa de Rojas e Diego Souza, mantendo o empate no Rio de Janeiro.

ESPN

Leia Também