João Pessoa, 27 de setembro de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
Câmara dos Deputados

Rússia aprova polêmica reforma da previdência

Comentários:
publicado em 27/09/2018 às 14h17

A Duma, Câmara dos Deputados da Rússia, aprovou nesta quinta-feira a polêmica reforma da previdência que aumenta a idade de aposentadoria das mulheres de 55 para 60 anos e a dos homens de 60 para 65.

O projeto de lei, em sua terceira e definitiva leitura, foi aprovado com 332 votos a favor e 83 contra, e passará agora para o Conselho da Federação, a Câmara Alta do Parlamento russo.

A iniciativa do governo de aumentar a idade de aposentadoria, medida que foi justificada pela necessidade de garantir a sustentabilidade do sistema e aumentar o valor das pensões, gerou vários protestos em todo o país.

Segundo diferentes pesquisas, entre 80% e 90% dos russos são contra a reforma do sistema previdenciário, o que se refletiu nos maus resultados do partido governista Rússia Unida (RU) nas recentes eleições regionais.

O projeto inicial previa aumentar a idade de aposentadoria das mulheres para 63 anos, mas o presidente da Rússia, Vladimir Putin, para conter o descontentamento da população, enviou uma emenda, aprovada ontem, para reduzi-la para 60 anos.

Em agosto, Putin, que tinha prometido que a idade de aposentadoria não seria modificada, pediu compreensão à população em mensagem transmitida em rede nacional e explicou que a medida se deve à falta de sustentabilidade do sistema por motivos demográficos.

Agência EFE

Leia Também