João Pessoa, 26 de setembro de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
polêmica

Dedé tem cartão vermelho cancelado pela Conmebol

Comentários:
publicado em 26/09/2018 às 20h57
Dedé leva cartão vermelho durante Boca Juniors x Cruzeiro, pela Libertadores Getty Images

O zagueiro Dedé está liberado para jogar Cruzeiro x Boca Juniors pelas quartas de final da Libertadores.

Nesta quarta-feira, a Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) informou que anulou o cartão vermelho recebido pelo defensor no duelo de ida, em Buenos Aires, e liberou o atleta para o confronto de volta, em Belo Horizonte.

“A Conmebol anula os efeitos jurídicos da expulsão do jogador Anderson Vital da Silva na partida disputada em 19 de setembro de 2018, entre as equipes Boca Juniors e Cruzeiro. Por consequência, o jogador está habilitado para disputar a partida seguinte pela Libertadores”, escreveu a Confederação.

Assim, a entidade atendeu à reclamação da “Raposa”, que logo no dia seguinte da partida em La Bombonera foi à sede do órgão, em Luque, no Paraguai, para abrir uma reclamação formal conta a expulsão.

Dedé levou vermelho direto de Éber Aquino depois de se chocar com o goleiro Andrada, do Boca, em uma disputa aérea. O árbitro paraguaio analisou o VAR e resolveu expulsar o cruzeirense após revisar o lance pelo vídeo.

Antes do lance, o time argentino vencia por 1 a 0, mas acabou fazendo outro gol depois e ganhando de 2 a 0.

Com isso, o Cruzeiro precisará ganhar por pelo menos três gols de diferença no Mineirão para se classificar para a semifinal da competição. Os xeneizes, por sua vez, podem até mesmo perder por um que ainda assim se classificam.

ESPN

Leia Também