João Pessoa, 24 de setembro de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
CRIME NA INTERNET

Homem usou wifi da PBTur contra Daniella

Comentários:
publicado em 24/09/2018 às 12h21
atualizado em 24/09/2018 às 16h03
Daniella Ribeiro participava de debate quando foi alvo de postagens ofensivas feitas por um homem (Foto: assessoria de imprensa)

Enquanto a deputada estadual e candidata ao Senado Daniella Ribeiro (Progressistas) debatia propostas com seus oponentes em um programa de televisão, escondido atrás do suposto anonimato da internet um homem utilizava a rede social Twitter para fazer postagens depreciativas contra ela. Nesta segunda-feira (24), a parlamentar revelou detalhes sobre os ataques sofridos, durante entrevista em João Pessoa.

“Não vamos parar até que o Ministério Público, a Polícia Federal desvendem até o fim para que esse cidadão pague e que ele sirva de exemplo para aqueles que pensam que esse tipo de situação contra a honra de mulheres, ou de qualquer cidadão ou cidadão. Alguém que poderia trazer prejuízo à minha eleição, que tentava destruir a minha imagem”, disse Daniella.

A assessoria jurídica da candidata ingressou com ação no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) para que as postagens ofensivas fossem retiradas e o responsável pelo perfil e postagens fosse identificado e devidamente punido.

Após determinação do juiz Emiliano Zapata, o provedor de internet divulgou o IP utilizado no acesso e chegou ao nome de um suspeito de publicar os ‘tweets’ ofensivos. Conforme o processo, o homem exerceu, ao menos até o ano de 2017 cargo comissionado sem vínculo com a PBTur. Ele foi incluído no processo e será notificado pela Justiça Eleitoral.

“O que permite a conclusão, nesse exame preliminar, de indícios suficientes de vinculação do mesmo a ambos os acessos ao perfil do Twitter @COMEDIA_ZERO cujas postagens objeto da pretensão inicial deduzida nesta representação foram consideradas como violadoras da legislação eleitoral”, avaliou o magistrado em sua decisão.

As postagens foram feitas na PBTur, com a internet do órgão. Ele, que atua na área de tecnologia da informação, chegou a pedir ‘nudes’ a candidata. “O importante é deixar esse recado: eu não me calo”, disse Daniella.

Consideradas como meio de comunicação mais importante para divulgação nas eleições, as redes sociais são ocupadas por ‘exércitos’ de militantes partidários para defender aliados e criticar adversário.

Os autores de crimes na internet, apesar de muitas vezes pensarem estar anônimos, deixam rastros em suas postagens. O processo de identificação do autor de postagens ofensivas na internet tem início a partir do endereço IP ( Internet Protocol). Com o IP é possível ter informação sobre o local de disseminação do conteúdo postado na internet e identificar o responsável.

MaisPB

Leia Também