João Pessoa, 15 de setembro de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
Com gol de Firmino

Liverpool bate o Tottenham fora e mantém liderança

Comentários:
publicado em 15/09/2018 às 16h33

O Liverpool não deu chances ao Tottenham e venceu o clássico da quinta rodada do Campeonato Inglês. Com futebol rápido e marcação sob pressão, os Reds fizeram 2 a 1, em pleno Wembley, e mantêm os 100% de aproveitamento na competição. Wijnaldum e Firmino fizeram os gols do triunfo. Lamela descontou nos acréscimos.

O resultado deixa o Liverpool com 15 pontos após cinco partidas, na liderança da Premier League. O Tottenham segue em quinto, com nove.

O Tottenham entrou em campo com dois desfalques importantes: o goleiro Lloris e o meia Dele Alli, ambos lesionados. Lucas foi titular ao lado de Harry Kane, deixando o sul-coreano Son no banco de reservas. No Liverpool, Fabinho era opção como suplente, com Firmino e Alisson começando desde o início.

Nos primeiros 45 minutos, o Liverpool foi bem superior ao Tottenham, fazendo marcação avançada e com movimentação constante no ataque. Logo com um minuto, marcou com Firmino, mas o juiz marcou impedimento de Mané. Os Reds levavam mais perigo ao gol de Vorms, substituto de Lloris, enquanto os Spurs eram pouco incisivos no ataque.

Aos poucos, o Liverpool foi colecionando chances perdidas, como a de Salah, que aproveitou passe errado de Dier para aparecer dentro da área e ser parado por Vorms. Mas o goleiro viria a ser o grande vilão ao falhar em cobrança de escanteio dos Reds. Na sequência do lance, Wijnaldum cabeceou para o gol. O arqueiro chegou a tirar, mas a bola já havia passado da linha.

O segundo tempo foi mais equilibrado, apesar de o início ter sido do Liverpool. Robertson acertou a trave em cruzamento, Mané parou em Vorms após saída errada de Dembélé. A resposta do Tottenham saiu dos pés de Lucas, que fez linda jogada e mandou no poste de Alisson, que nada poderia fazer.

Aos oito minutos, o Liverpool ampliou. Em boa jogada do ataque dos Reds, Mané avançou pela esquerda e cruzou. Vertonghen tentou cortar, a bola pegou na trave, passou entre as mãos de Vorms e parou em Firmino, que só empurrou para o fundo da rede.

Com dois gols de desvantagem, Pochettino tirou Dembélé e Winks, lançando Lamela e Son, colocando a equipe para o ataque. Com mais homens na criação, o Tottenham passou a ter a bola e a chegar mais à frente. Contudo, também dava mais espaço ao Liverpool. Keita quase ampliou, parando novamente em Vorms. O goleiro voltaria a fazer boa defesa em finalização de Salah.

O Tottenham fez uma blitz no ataque e pressionou o Liverpool – que tinha o contra-ataque e desperdiçou algumas chances. Já nos acréscimos, Lamela fez um lindo gol, sem ângulo, alimentando as esperanças de mais de 80 mil torcedores presentes no Wembley, Mas era tarde demais para uma reação dos Spurs!

R7 Esporte 

Leia Também