João Pessoa, 16 de agosto de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
POLÊMICA

Final de Paulistão será discutida por STJD em setembro

Comentários:
publicado em 16/08/2018 às 16h20
atualizado em 16/08/2018 às 16h35

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) concordou que deve ser analisada a possível interferência externa na final do Campeonato Paulista. O tema deverá ser tratado em uma nova audiência, no Rio de Janeiro (RJ).

O clube tenta comprovar que houve participação de alguém além da equipe de arbitragem para anular o pênalti de Ralf em Dudu, no jogo do dia 8 de abril, no Allianz Parque. O Corinthians venceu a partida no tempo normal por 1 a 0 e confirmou a conquista do Paulista nos pênaltis.

O TJD-SP nem avaliou as provas que o Verdão diz ter da interferência, pois considerou que não foi cumprido o prazo correto para a entrada com o pedido de impugnação do jogo. O Palmeiras montou um dossiê, com imagens, áudio e texto, que convenceram o STJD de que há indícios de irregularidade ao menos para que se estudasse o caso.

O caso foi debatido por quase duas horas nesta tarde, com direito a explicação dos advogados do Palmeiras e a defesa da Federação Paulista de Futebol. O relator José Perdiz chegou a votar que não há provas concretas para tomar a decisão de invalidar a partida. Mas os auditores pediram para analisar melhor o mérito por terem muitas provas, e só vão dar uma reposta posteriormente.

A expectativa é de que o STJD anuncie a decisão em menos de um mês. Se mesmo nesta instância o Palmeiras for derrotado, ainda pode tentar levar o caso para o CAS (Comitê Arbitral do Esporte), na Suíça.

R7 esporte

Leia Também