João Pessoa, 10 de agosto de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
encontro

Lucélio defende interiorização da justiça

Comentários:
publicado em 10/08/2018 às 14h13

O pré-candidato ao Governo do Estado pelo PV, Lucélio Cartaxo, se reuniu com representantes da Defensoria Pública da Paraíba, na manhã desta sexta-feira (10), em João Pessoa. No encontro, Lucélio ouviu as demandas da categoria e garantiu que na sua gestão a justiça será forte e interiorizada, ampliando o acesso àqueles que mais precisam.

“A Paraíba tem 41% da população vivendo na linha ou abaixo da linha da pobreza, pessoas que muitas vezes não podem pagar por um advogado. Na nossa gestão, teremos uma Defensoria Pública forte e regionalizada, assim permitiremos que os paraibanos e paraibanas, seja no Litoral ou Sertão, possam contar com o Estado ao seu lado quando mais precisem”, disse.

Lucélio defendeu também que a gestão estadual precisa abrir as portas ao diálogo com os defensores. “O Estado não pode encontrar os poderes somente nos tribunais de justiça, ele precisa ser parceiro e estabelecer a conversação com as categorias. O princípio da resolutividade está no diálogo. Quem dá as costas aos defensores públicos, dá as costas à população”, disse.

Outra garantia dada pelo pré-candidato foi o repasse do duodécimo à categoria. “Em João Pessoa, na gestão do prefeito Luciano Cartaxo, o duodécimo sempre foi repassado religiosamente. Isso precisa ser expandido para todo Estado. Para atender a população com qualidade, a justiça precisa ser fortalecida. E para isso, antes de tudo, precisa ser respeitada pelo Estado”, disse Lucélio Cartaxo.

A defensora pública geral, Madalena Abrantes, destacou que a categoria hoje tem sofrido em diversas frentes, devido ao afastamento do Governo do Estado. “São 60 anos de Defensoria Pública, que é um órgão de Estado legitimado para fazer políticas públicas para as pessoas carentes, não só com judicialização, mas também na mediação e no atendimento multidisciplinar. Hoje, temos brigado até por paridade para os defensores aposentados, que têm sofrido. Mesmo quando têm decisões favoráveis na justiça, não são respeitados pelo governo”, disse.

Ao final do evento, Lucélio Cartaxo garantiu ainda investimentos em concursos públicos para a Defensoria Pública, equiparação salarial e promoção de ações para diminuição da superlotação das unidades prisionais. “Quando se tem vontade de resolver e reconhecimento da importância do papel da Defensoria Pública, se acha soluções. Queremos um governo junto da população e junto das categorias, por isso iremos fazer funcionar a Comissão Interpoderes, que vai permitir transparência e diálogo da gestão com os poderes”, disse.

MaisPB

Leia Também