João Pessoa, 08 de agosto de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Administrador, pós-graduado em Planejamento Operativo, já atuou na administração pública federal, estadual e municipal. Ocupou por três mandatos o cargo de presidente do CRA-PB e de diretor do Conselho Federal de Administração. Diretor Institucional do SINTUR-JP de 1993 a 2016. Consultor em Administração, presentemente exerce as funções de presidente da APCA (Academia Paraibana de Ciência da Administração). Contato: diretorexecutivoaetc@yahoo.com.br

Nossa cidade João Pessoa

Comentários:
publicado em 08/08/2018 às 16h00

Domingo passado correspondeu à data5 de agosto de 2018.

Há 433 anos desse recente dia, exatamente em 5 de agosto de 1585, foi fundada nossa cidade agora João Pessoa, então com o nome de Cidade Real de Senhora das Neves.

Conta-se que sua fundação deu-se com o selo da paz firmada entre os colonizadores portugueses e os tabajaras. Mas, há outros que insistem em dizer que sua fundação teria efetivamente acontecido no 4 de novembro daquele mesmo ano (1585) quando Martim Leitão começou a construção da cidade. Fato é, porém, que a história oficial do Brasil tem-na como fundada em 5 de agosto de 1585.

Três anos depois (1588) mudaram-lhe o nome para Filipéia de Nossa Senhora das Neves, isto para homenagear o rei Filipe, dos tronos da Espanha e de Portugal. Mas, fatos posteriores levaram-na para outras mudanças de nome, como Frederikstad e Parahyba do Norte, até que em 1930 ganhou o nome de João Pessoa, em homenagem ao então Presidente do Estado (agora cargo de Governador), cujo assassinato – conforme os historiadores – constituiu-se no estopim da “Revolução de 30”.

Passaram-se 433 anos a partir daquele 1585. De minha parte aqui nasci (1945) com esta bela cidade já se chamando João Pessoa, assim sendo denominada, portanto, há 88 anos. Por que e para que pensar-se em mudar (de novo) seu nome?!… Se pessoense nasci, como mudar meu “gentílico”?!… Já se pensou se se pretendesse mudar o nome da cidade Washington, capital dos Estados Unidos?!… Nem Donald Trump pensaria.

Importante é que nossa cidade continue bela! Bela e boa pra se viver! Para tanto, também importante é que nossos governantes – o do município e odo estado, seja em que tempo for  – sempre estejam sintonizados nas ações de desenvolvimento e sustentabilidade da cidade que no recente 5 de agosto  aniversariou, em vez de ficarem atuando isoladamente, sem qualquer integração governamental, fato tão prejudicial ao bom planejamento e à otimização dos recursos.

Leia Também