João Pessoa, 21 de julho de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
eleições 2018

Janaína Paschoal deve ser vice de Bolsonaro

Comentários:
publicado em 21/07/2018 às 10h41
atualizado em 21/07/2018 às 17h52
Foto: Pedro França/Agência Senado

A advogada Janaína Paschoal, professora de Direito da USP, deverá ser anunciada como candidata a vice na chapa do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL). Os dois se falaram por telefone na quinta-feira (19), e Janaína deve se encontrar com Bolsonaro, no Rio de Janeiro, neste sábado, para conversar pessoalmente com o pré-candidato. As informações são do jornal O Globo.

De acordo com o veículo, será a primeira vez em que Bolsonaro e a advogada se encontrarão. A parceria, caso as negociações avancem, será anunciada oficialmente na manhã de domingo (21), na convenção nacional do PSL.

A advogada é conhecida por ser uma das autoras do parecer que embasou o pedido de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

O meu sentimento é que ela (Janaína) está com vontade de ajudar a transformar o Brasil. Estamos “namorando” por telefone. Ela deu sinal verde. Ela deve vir ao Rio amanhã (sábado) e, provavelmente, no domingo estará na convenção. Pode acontecer de anunciar (a chapa) lá. Vai ser a dupla Já-Já — disse Bolsonaro, na tarde desta sexta-feira.

Janaína se filiou ao PSL em abril deste ano, na data limite par poder se candidatar. Ela chegou a recusar o convite feito pelo deputado Major Olímpio (PSL-SP), presidente do partido em São Paulo, para concorrer ao governo. Ela pretendia se candidatar a deputada estadual.

Ainda de acordo com a reportagem, o presidente nacional do PSL, Gustavo Bebianno, esteve em São Paulo e conversou com a advogada sobre a possibilidade de ser vice na chapa do partido ao Planalto.

Metrópoles 

Leia Também