João Pessoa, 20 de julho de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Administrador, pós-graduado em Planejamento Operativo, já atuou na administração pública federal, estadual e municipal. Ocupou por três mandatos o cargo de presidente do CRA-PB e de diretor do Conselho Federal de Administração. Diretor Institucional do SINTUR-JP de 1993 a 2016. Consultor em Administração, presentemente exerce as funções de presidente da APCA (Academia Paraibana de Ciência da Administração). Contato: diretorexecutivoaetc@yahoo.com.br

Campina é, sim, 1º lugar no Brasil!

Comentários:
publicado em 20/07/2018 às 16h22

Reportamo-nos ao sistema de transporte coletivo urbano. E, como muitos já se informaram, recentemente foi divulgada uma pesquisa internacional realizada pelo instituto americano Expert Market que concluiu ser nossa Rainha da Borborema, Campina Grande, a mais bem classificada, no âmbito do Brasil, dentre as 74 cidades dos 16 países que constituíram a amostra dessa pesquisa.

A pesquisa levou em conta indicadores como tempo de viagem, espera para pegar a condução, percurso da viagem e custo total do transporte face ao salário médio da população, avaliando-os em que níveis atendem satisfatoriamente aos passageiros. E aí, contrariamente a Campina Grande, o Rio de Janeiro ficou em último lugar. Reproduzamos, pois, aqui – e a seguir – a classificação das 8 cidades brasileiras dentre as 74 do mundo, que compuseram a amostra da pesquisa: Campina Grande, 29ª; Santos, 56ª; Campinas, 61ª; Curitiba, 64ª; Brasília, 68ª; Salvador, 70ª; São Paulo, 72ª; Rio de Janeiro, 74ª.

Quanto às cidades melhores classificadas no mundo, por óbvio há uma curiosidade em sabermos quais. E à falta de espaço para mencionar tantas, convém destacarmos que elas mais se situam na Europa, com prevalência das francesas (sendo Nice a 1º lugar, seguida de Toulouse, Lyon e Marselhe) e asespanholas (destacando-se Bilbao, Valência e Barcelona).

No entanto, desde que ocorreu a divulgação dessa pesquisa da Expert Market, alguns pessoenses – como que com “dor de cotovelo” por Campina Grande ter tido destaque e João Pessoa nem ser citada – nosquestionou sobre a credibilidade desse estudo. Respondemos que essa pesquisa foi feita a partir de um levantamento da revista Time Out, de Londres, focando sobretudo o tempo gasto nos deslocamentos das pessoas através do transporte público de suas cidades e o impacto que causam no humor das pessoas. Daí, a avaliação sobre tempo, percurso e a espera pelo transporte, assim como até as “baldeações” feitas para uma única viagem.

Nisto, Campina Grande está apresentando-se na frente de João Pessoa, valendo lembrar que se trata de uma das primeiras cidades brasileiras (e já faz tempo) a aprovar seu Plano de Mobilidade Urbana, enquanto o de nossa capital ainda não tem data precisa para sua conclusão. Ou seja, Campina Grande, mais que João Pessoa, tem priorizado o sistema de transporte coletivo, inclusive no aspecto de vias exclusivas para os ônibus em pleno centro da cidade.

Leia Também