João Pessoa, 18 de julho de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
traição

Noivo traiu Isabella Fieorentino com uma das madrinhas de casamento

Comentários:
publicado em 18/07/2018 às 16h27

É difícil encontrar pessoas que não sofreram uma traição — e nem a ex-modelo Isabella Fiorentino escapou do problema. Em bate-papo com Álvaro Leme no YouTube, a apresentadora do SBT revelou que já foi traída inúmeras vezes, tanto por namorando quanto por parceiros de negócios, mas que sentiu que a deslealdade que mais marcou partiu de uma mulher amiga: “Ela ficou com o meu então noivo. E ia ser madrinha de casamento, ajudou com o vestido. Foi uma coisa bem chata“, relembra.

“Fiquei muito magoada, doída. Engraçado que para o cara que me traiu eu desejo tudo de bom, encontro numa boa, gosto da pessoa. Mas ela é uma coisa que dói mais, sabe?“, revelou. “Dói mais do que um corno, mais do que uma rasteira no trabalho. Porque a amizade para mim é uma coisa muito pura e 100%. Eu estou aqui para o que você precisar, independentemente da situação. Eu sou assim com as minhas amigas. E, se de repente tomo uma punhalada de uma delas, dói demais!“.

A experiência ruim com a ex-amiga, no entanto, não deixou Isabella com medo de fazer novas amizades: “Não fiquei com trauma, não tenho pé atrás com mulheres, nem acho que todo mundo é farinha do mesmo saco. Eu aprendi, passou… Mas deixou uma marquinha ali, uma mágoa!“, explicou. A apresentadora também revelou que já teve problemas com outras amigas, mas que não guardou rancor: “Minha memória é curta. O que é bom também. Se alguém te fez um mal, você esquece, fica lá para trás. Eu esqueço mesmo!“.

“A gente fala tanto de perdão, de amar ao próximo, no Instagram todo mundo posta: ‘mais amor, por favor’. Mas cadê esse amor que as pessoas querem ver a pessoa que te traiu morrer? Quero ver o ‘mais amor, por favor’, na prática, não no Instagram!“, disparou a ex-modelo. “Se alguém erra comigo, eu fico muito louca, faço um escarcéu, fico brava três dias e não quero nem ver a pessoa na minha frente. Mas aí depois vai dando aquela acalmada. Por isso que respirar e contar até dez é tão importante!“, explicou

MSN

Leia Também