João Pessoa, 20 de maio de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
EX-MUSA DO TCHAN

“Já gastei toda minha cota do uso do corpo”, diz Sheila Mello

Comentários:
publicado em 20/05/2018 às 11h52
atualizado em 20/05/2018 às 14h27

Por fora, belo violão. Por dentro, diz Sheila Mello, “tô bem zoada”.  “Já gastei toda a minha cota de uso do corpo”, afirma. Desde que foi eleita a “nova loira do Tchan”, em 1998, e entrou no grupo de pagode/axé no lugar de Carla Perez, Sheila não parou mais da dançar. “Durante os primeiros quatro anos, eu vivi em uma bolha de perfeição. Mesmo fazendo apresentações diárias, às vezes duas por dia, eu não sentia dor nenhuma no corpo. Fiz show até com o dedo do pé quebrado.” Difícil  imaginar por trás daquelas coxas bem torneadas, de 59cm de perímetro, alguma articulação fora do lugar.  Porém, diz ela: “Faço fisioterapia direto”.

Aos 39 anos, Sheila Mello não pretende parar tão cedo. Nem a dança, nem a fisioterapia.  No dia em que o blog a entrevistou, ela fez um intervalo no ensaio das coreografias que vai postar em seu novo canal no Youtube, o “Vem com a She”, e falou de fama, preconceito, assédio, “A Fazenda”, casamento, maternidade, física quântica e da influência de Madonna, Beyoncée, Rihanna e, claro, Anitta em seu trabalho. “Sempre tive consciência de que o sucesso e a fama são passageiros. Quem não tem, vira estatística. A gente precisa usar a fama a nosso favor”, diz Sheila, com um ligeiro sotaque de coach.

Uol

Leia Também

Colunas

Whatsapp(83) 99346-5236

Entardecer no Sítio Poleiros, em Barra de Santa Rosa

Enviado por
Neto Nepomuceno

mais lidas