João Pessoa, 20 de abril de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
NEPOTISMO

Ministério Público denuncia Berg Lima

Comentários:
publicado em 20/04/2018 às 18h25
atualizado em 21/04/2018 às 08h54

O Ministério Público da Paraíba, através da Promotoria de Justiça de Bayeux, denunciou, nesta sexta-feira (20), o prefeito afastado da cidade, Berg Lima (sem partido), por improbidade administrativa pelo crime de nepotismo.

De acordo com a ação, assinada pela promotora Maria Edligia Chaves Leite, Berg teria nomeado tias para cargos na administração municipal. “As nomeações feitas pelo prefeito afastado Gutemberg Lima, de suas tias para os cargos da gestão municipal ferem a Constituição Federal e caracterizam nepotismo, isso é indiscutível, portanto, a presente ação deve ser recebida, pois existe o ato de improbidade”, argumenta a promotora.

Segundo a denúncia, Marina Passos teria sido nomeada para um cargo de coordenadora geral na Secretaria de Trabalho e Assistência Social. Já Ana Paula Moura de Lima ocupava o cargo de motorista.

Berg Lima está afastado da Prefeitura de Bayeux desde julho do ano passado, quando foi preso em flagrante recebendo uma suposta propina de um empresário da cidade. Ele chegou a ser levado para o 5º Batalhão da Polícia Militar, mas conseguiu a liberdade.

No lugar dele, ficou o vice-prefeito Luiz Antônio (PSDB), que recentemente teve o mandato cassado. Agora, quem está no comando do município é o presidente da Câmara de Vereadores, Mauri Batista (PSL)

MaisPB

Leia Também