João Pessoa, 18 de abril de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
nos eua

Polícia mata homem desarmado com 20 tiros

Comentários:
publicado em 18/04/2018 às 10h04

Um homem negro de 26 anos foi morto a tiros por policiais no estacionamento de um supermercado Walmart na Califórnia, nos Estados Unidos, anunciaram as autoridades locais. O advogado da vítima afirmou que os policiais atiraram 30 vezes e pelo menos 20 disparos atingiram Diante Yarber.

Quatro pessoas estavam no veículo, incluindo Mariana Tafoya, também de 26 anos, que foi internada e se recupera dos ferimentos. Os outros dois passageiros que estavam no carro de Yarber foram detidos e depois liberados. Um ficou levemente ferido, assim como um policial.

Yarber, pai de três filhos, estava desarmado e com o carro estacionado na cidade de Barstow, ao leste de Los Angeles, no momento dos disparos, há quase duas semanas, informou o advogado Lee Merritt, que pretende iniciar um processo contra o “excesso policial” em nome da família da vítima.

A polícia do condado de San Bernardino, ao qual está vinculada Barstow, disse que os agentes pensaram que Yarber era um possível ladrão de carros e que os agentes responderam a ligações que citavam um “veículo suspeito”.

“O suspeito/motorista começou a acelerar seu veículo em marcha a ré e atingiu uma viatura policial. O veículo acelerou depois de frente para os oficiais e em seguida novamente em marcha a ré contra os oficiais, atingindo outra patrulha”, afirmou a polícia. Depois de tudo isto, um oficial iniciou o tiroteio.

Merrit, no entanto, afirmou que o veículo, um Ford Mustang, pertencia a um primo de Yarber. Segundo o advogado, três viaturas da polícia responderam ao incidente. Ele disse ainda que o processo que pretende iniciar não estará baseado em questões racistas.

O Walmart não respondeu aos pedidos de comentários, mas o supermercado de Barstow permanecerá fechado durante a investigação.

Extra

Leia Também