João Pessoa, 17 de abril de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
RÁDIO VERDADE

Daniella Ribeiro rejeita ser candidata a vice

Comentários:
publicado em 17/04/2018 às 15h41
atualizado em 17/04/2018 às 17h52

A deputada estadual Daniella Ribeiro (Progessistas) considerou, nesta terça-feira (17), equivocado o anúncio de pré-candidatura de Lucélio Cartaxo (PV) ao Governo do Estado sem que houvesse um diálogo com partidos que integram o grupo oposicionista.

Em entrevista ao Rádio Verdade, da Arapuan FM, ela avaliou que o movimento foi equivocado e “um grande erro” da forma como foi feito. “Ninguém pode impor candidatura”, pontuou. A resistência do Progressistas à pré-candidatura de Lucélio foi potencializada com a formalização do apoio do PSDB, o que ocorreu durante reunião em Brasília.

“Um erro não da Oposição, mas de partidos que são de Oposição”, frisou. Ela ressalta que dez dias antes da decisão do PSDB, Lucélio a procurou e afirmou disposição em disputar o Governo, no entanto frisou que conversaria com os partidos. “Depois disso não falei mais com ele”, afirmou.

Daniella voltou a afirmar que faltou coragem ao prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB) para sustentar sua pré-candidatura. “Ele teve inclusive um gesto de Maranhão em oferecer o MDB a ele”, disse.

Durante a entrevista ela rejeitou compor a chapa majoritária com candidata a vice-governadora pela Oposição. “Sem arrogância, mas não é o meu projeto”, argumentou. Ela ainda garantiu ão haver qualquer distensão em sua relação com Romero Rodrigues.

O Progressistas fará cinco seminários regionais na Paraíba, a partir do próximo dia 23, para discutir os problemas na educação, saúde e segurança pública, por exemplo. “Não estamos discutindo nomes, temos que discutir projetos”, lembrou.

MaisPB

Leia Também