João Pessoa, 06 de janeiro de 2015 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
FUTEBOL

Príncipe será candidato à presidência da Fifa para derrubar Blatter

Comentários:
publicado em 06/01/2015 às 07h38

O príncipe da Jordânia Ali Bin al Hussein anunciou nesta terça-feira sua intenção de apresentar candidatura à presidência da Fifa. O príncipe jordaniano, que tem 39 anos e é vice-presidente da entidade desde 2011, fez o anúncio em sua conta do Twitter.

"Estou satisfeito em anunciar hoje minha intenção de me apresentar como candidato para o cargo de presidente da Fifa", escreveu Hussein no microblog. O príncipe acrescentou que não foi uma decisão fácil para ele e que só chegou a ela "após uma cuidadosa reflexão e muitas discussões com colegas respeitados da Fifa nos últimos meses".

Com sua candidatura, o príncipe jordaniano – que disputará o cargo com Joseph Blatter, o atual presidente que concorrerá ao quinto mandato – pretende "mudar o foco da controvérsia administrativa para o esporte".

Hussein considerou em seu anúncio que "as manchetes devem ser sobre futebol, o formoso esporte, e não sobre a Fifa". O futebol, acrescentou, "merece uma entidade de governo de classe mundial, uma organização de serviços e um modelo de ética, transparência e boa governança".

O terceiro aspirante à presidência é o francês Jérôme Champagne, 55 anos e ex-vice-secretário-geral da Fifa, que foi o primeiro a anunciar sua candidatura, em agosto do ano passado.

As candidaturas serão apresentadas oficialmente no próximo dia 29 de janeiro e devem ter o apoio de pelo menos cinco dos 209 membros da organização. As eleições estão previstas para o dia 29 de maio em Zurique, na Suíça.

Terra

Leia Também