João Pessoa, 28 de Março de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
enfrentamento à impunidade

Tribunal do Júri condena réus denunciados pelo MP

Comentários:
publicado em 28/03/2018 às 12h15

O 2º Tribunal do Júri da Comarca de Campina Grande julgou e condenou 14 réus, durante a realização de 11 sessões, neste mês de março. O balanço mostra que foram mais de 50 horas de julgamento e que, somadas, as penas aplicadas aos réus chegam a 279 anos de reclusão. O promotor de Justiça, Márcio Gondim, destacou que o resultado é importante, pois mostra o enfrentamento à impunidade.

Os trabalhos da primeira reunião ordinária do 2º Tribunal do Júri foram concluídos na tarde dessa terça-feira (27). A presidência coube ao juiz Horácio Ferreira de Melo Júnior, com a participação do promotor de Justiça titular, Márcio Gondim, de vários advogados e do defensor público, Álvaro Gaudêncio Neto.

“O Conselho de Sentença do Segundo Tribunal do Júri de Campina Grande, analisando as provas, conforme a íntima convicção que lhe é inerente, entendeu por acolher todos os pedidos de condenação realizados na tribuna pelo Ministério Público, sendo este a voz da vítima no plenário do Júri, sempre alerta na defesa da sociedade”, afirmou Márcio Gondim.

Segundo Márcio Gondim, das 12 sessões marcadas, 11 foram realizadas, apenas uma foi adiada por ausência da advogada, que alegou questões de saúde.

MaisPB

Leia Também