João Pessoa, 23 de março de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
pânico

Homem armado faz reféns em supermercado na França

Comentários:
publicado em 23/03/2018 às 10h04

Um homem não identificado fez reféns em um supermercado na cidade de Trèbes, no sudoeste da França, nesta sexta-feira (23). Uma troca de tiros foi reportada, e o primeiro-ministro francês, Édouard Philippe, afirmou que a ação “parece ser um ato terrorista”.

De acordo com um agente de segurança ouvido pela AFP, o homem alegou pertencer ao Estado Islâmico. Testemunhas disseram que o atirador gritou “Allahu Akbar” no momento da ação, segundo a CNN.

A AFP chegou a relatar que duas pessoas foram mortas, mas um porta-voz do Ministério do Interior disse que não poderia confirmar a informação.

O prefeito da localidade, Éric Menassi, reportou duas “vítimas” a uma rede de TV. Ele também disse que apenas um policial e o atirador estariam no mercado no momento, com todos os refens já removidos, mas a informação não foi confirmada oficialmente.

“Grande parte dos empregados e clientes do Super U conseguiram fugir. Um agente de segurança está agora em contato com o atirador”, disse um funcionário da polícia não identificado à AFP.

Aos jornalistas, Philippe disse que um policial ficou ferido na ação, mas que já estava fora de perigo.

Segundo a rede BFM TV, o suspeito entrou no estabelecimento da rede Super U por volta das 11h no horário local (7h em Brasília). O jornal “Le Parisien” informa que o homem teria atirado em um policial antes de se abrigar no local.

A rádio Europe1 informa que 50 agentes e três helicópteros foram mobilizados para a ação.

Trèbes é uma pequena comunidade próxima à cidade medieval de Carcassone, no departamento de Aude.

Se confirmada a motivação terrorista, este seria o primeiro ataque do tipo na França desde outubro de 2017.

G1

Leia Também