João Pessoa, 14 de março de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
FISCALIZAÇÃO NA MATERNIDADE

CRM vê irregularidades na Frei Damião em JP

Comentários:
publicado em 14/03/2018 às 16h58
atualizado em 14/03/2018 às 17h10

O Departamento de Fiscalização do Conselho Regional de Medicina da Paraíba(CRM-PB) fiscalizou, na manhã desta quarta-feira (14), a Maternidade Frei Damião, localizada no bairro Cruz das Armas, em João Pessoa. Durante a vistoria, várias inconformidades foram identificadas, inclusive áreas com risco de curto circuito e possibilidade de incêndio.

De acordo com o diretor do Departamento de Fiscalização do CRM-PB, João Alberto Pessoa, o hospital tem áreas, como a UTI Pediátrica, Neonatologia e Bloco Cirúrgico, funcionando de maneira adequada, além de bom estoque de medicamento. Porém, há setores em situação precária.

Um dos problemas que identificados foi a falta de roupa de cama e vestuário para pacientes e profissionais. “A lavanderia do hospital está há meses sem funcionar. A roupa de cama existente no hospital tem sido lavada no Hospital Arlinda Marques”, destacou.

A área técnica da unidade hospitalar, onde estão as instalações elétricas, de ar condicionar e central de oxigênio, chamou atenção dos fiscais. “Já fizemos a denúncia ao Corpo de Bombeiros sobre o que encontramos durante a vistoria. Há um grande estoque de torpedos de oxigênio – que apesar de não serem inflamáveis, tem potencial de alastrar fogo – próximo a uma área com fios elétricos desencapados, susceptíveis a curto circuitos”, disse.

João Alberto destacou ainda a área que sofreu um incêndio no ano passado não foi reformada e continua interditada. Durante a fiscalização foi possível ainda registrar um rato morto dentro de uma caixa de disjuntor de energia.

Quando for concluído, o relatório da fiscalização, com prazo para a regularização das inconformidades, será encaminhado à diretoria do hospital, ao Ministério Público, Vigilância Sanitária Estadual e Secretária de Saúde Estadual.

MaisPB

Leia Também