João Pessoa, 25 de fevereiro de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
Quarta-feira laranja

Jorien Ter Mors leva o quinto título da Holanda na patinação

Comentários:
publicado em 14/02/2018 às 09h27
Divulgação

Se tem prova de patinação velocidade, tem título da Holanda. Nesta quarta-feira (14), Jorien Ter Mors conquistou a medalha de ouro na prova dos 1000 metros nos Jogos Olímpicos de Inverno, com direito a recorde olímpico, anotando 1m13s56. Até o momento, na Coreia do Sul, foram disputadas cinco provas na modalidade, todas com medalha de ouro para a Holanda. A prata e o bronze ficaram com o japão: Nao Kodaira e Miho Takagi. Dona de nove medalhas olímpicas, Ireen Wust ficou em oitavo lugar.

A prova de patinação velocidade em pista longa é feita por tempo, não é uma largada em massa. As atletas fazem baterias com duas competidoras e marcam seus tempos. O título vai para quem fizer a melhor marca.

Ireen Wust, a holandesa dona de nove medalhas olímpicas, foi logo no início, na terceira bateria, e liderou uma boa parte da disputa. Na 12ª largada, duas feras melhoraram as marcas e tiraram Wust do pódio. A americana Britanny Bowe e a holandesa Jorien Ter Mors. Mors fez 1m13s56 e bateu o recorde olímpico, enquanto a americana anotou 1m14s04 e ficou na segunda posição. Na sequência, duas japonesas melhoraram os tempos da americana, mas não tiraram a marca de Mors.

Wust ainda pode chegar ao décimo pódio na história olímpica, já que disputa ainda a prova por equipes. Caso consiga o pódio, o que é muito provável, se tornará a mulher com mais medalhas na história dos Jogos, posto que pertence atualmente a Marit Bjørgen, que também está na Coreia.

GE

Leia Também