João Pessoa, 18 de fevereiro de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
apuração

Malandros do Morro vence Carnaval Tradição

Comentários:
publicado em 13/02/2018 às 17h33
atualizado em 14/02/2018 às 06h19

A Escola de Samba Malandros do Morro conquistou o primeiro lugar no Carnaval Tradição 2018 realizado pela Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), em parceria com a Liga Carnavalesca e Associação dos Ursos Carnavalescos. O resultado foi anunciado nesta terça-feira (13) na Avenida Duarte da Silveira, local onde ocorreram os desfiles. Em segundo lugar ficou a Escola Unidos do Roger, seguida da Independentes de Mandacaru.

Com o tema ‘A Malandros vira o jogo’, a escola apostou nos jogos de cartas, dominó e jogo do bicho, onde um ganha e outro perde. “Usamos a temática do xadrez, onde no final tudo vira um cheque mate. Somos a escola, em atualidade, mais antiga, com 61 anos de fundação e isso tem muita representatividade para todos os moradores do bairro da Torre”, disse o mestre Romero, presidente da agremiação. Com 350 integrantes, a Malandros do Morro conquistou o 26º título.

Tribos indígenas – Na categoria tribos indígenas, a Tupy Guarani ficou em primeiro. Os 104 integrantes desfilaram com o tema ‘Guerra Indígena’, tendo nos adereços machados, facões, caçuás, podeques, balaios, cocás e índias trabalhando. A Tribo Africanos conquistou o segundo lugar e em terceiro a Tribo Tabajaras.

“A gente trabalhou em cima dos requisitos que perdemos no ano passado, quando ficamos em terceiro lugar. E voltamos para a avenida para mostrar que Tupy Guarani iria trazer esse título para o bairro de Mandacaru. Todos que participaram dessa conquista estão de parabéns”, disse com muita alegria a presidente da equipe, Rosineide Macena de Moura.

Clubes de frevo – O Piratas de Jaguaribe conquistou o 1º lugar no Grupo A na categoria Clube de Frevo. “Tentamos resgatar a verdadeira identidade do carnaval tradição no bairro de Jaguaribe. Quando demos a proposta de trazer um novo Carnaval incluindo os pais, as famílias, as crianças, nós conseguimos fazer esse resgate. Colocamos 128 pessoas na avenida, que vieram brincar por livre e espontânea vontade”, agradeceu o presidente do Piratas de Jaguaribe, Adson Flávio.

O Clube de Frevo Ciganos do Esplanada conquistou a segunda colocação e o 25 Bichos o terceiro lugar. O Clube Adolescente e Criança Feliz ficou em último lugar, com isso vai disputar no Grupo B no próximo ano.

No Grupo B, o primeiro lugar ficou com Clube de Frevo São Rafael, que com a conquista passa a disputar no Grupo A em 2019. Em segundo lugar ficou A Corda do Frevo e em terceiro Alegria do Frevo.

Ala Ursa – O título foi disputado ponto a ponto. No critério de desempate, o item ‘cabeça do urso’ fez a diferença. O Urso da Paz levou a melhor e ficou em primeiro lugar. Em seguida veio o Urso Jamaica e em terceiro Urso Panda. “O Urso Jamaica também fez um trabalho belíssimo, mas nós viemos com o tema ‘O Oludom é nosso’ e quem não apostava na nossa capacidade ficou aí o resultado”, explicou Danilo Guedes, presidente da agremiação.

O Urso Sem lenço Sem Documento foi desclassificado por não apresentar o envelope lacrado no momento da apuração, violando, com isso, uma das regras da apuração.

Investimentos – A PMJP investiu, através do Fundo Municipal de Cultura (FMC), R$ 410 mil no Carnaval Tradição, beneficiando 42 agremiações.

Este ano, o governo municipal garantiu uma premiação em dinheiro para os três primeiros colocados de cada categoria (Escola de Samba, Tribo Indígena, Clube de Frevo e Ala Ursa), no valor de R$ 10 mil para cada uma do grupo A, sendo R$ 5 mil para o primeiro lugar; R$ 3 mil para o segundo colocado e R$ 2 mil para o terceiro. No total, a PMJP distribuiu R$ 40.000,00 entre os vencedores.

MaisPB

Leia Também