João Pessoa, 17 de janeiro de 2018 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
Portugal

Arbitragem causa polêmica com ‘árbitra’ sexy em cartaz

Comentários:
publicado em 14/01/2018 às 09h43
atualizado em 14/01/2018 às 09h49
Modelo com roupa de árbitra sexy foi utilizada em cartaz para divulgar curso Foto: Divulgação

O Núcleo de Árbitros de Futebol do Ave, em Portugal, criou uma grande polêmica ao utilizar a foto ousada de uma mulher vestida de árbitra e com uma roupa sexy. O cartaz foi criado para promover um curso de formação de juízes dos 14 aos 32 anos. Além da roupa utilizada pela “árbitra”, o que também chama a atenção são as referências ao número 69 (conhecida posição sexual) para afirmar o número recorde de inscrições no curso.

“A média de inscritos é de 7, 8 árbitros, mas nessa época obtivemos 21”, garantiu uma fonte da entidade ao jornal português “Correio da Manhã”.

O panfleto vai contra as regras da Federação Portuguesa de Furebol (FPF), que prefere usar imagens dos melhores árbitros do país para promover este tipo de curso junto das associações. Ao jornal, o Núcleo de Árbitros do Ave, afirmou que o cartaz não é “abusivo”:

“Tivemos autorização da direção das escolas do concelho de Guimarães para afixar os cartazes apenas e só nas secundárias”, disse a entidade em nota.

Extra

Leia Também