João Pessoa, 11 de dezembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora

Administrador, pós-graduado em Planejamento Operativo, já atuou na administração pública federal, estadual e municipal. Ocupou por três mandatos o cargo de presidente do CRA-PB e de diretor do Conselho Federal de Administração. Diretor Institucional do SINTUR-JP de 1993 a 2016. Consultor em Administração, presentemente exerce as funções de vice-presidente da APCA (Academia Paraibana de Ciência da Administração). Contato: diretorexecutivoaetc@yahoo.com.br

Parabéns e sugestões à SEMOB/PMJP (II)

Comentários:
publicado em 05/12/2017 às 11h08

Em fins de novembro, logo após a veiculação aqui neste espaço da parte inicial deste texto , duas mensagens chegaram-nos fazendo observações a respeito do assunto.

Uma foi de Anacleto Jordão de Lima, corroborando que a SEMOB/JP (superintendência Executiva da Mobilidade Urbana de João Pessoa), em seu trabalho de (re)pintura da sinalização horizontal de nossas vias “também se lembre das artérias que estão com asfaltamento já bem usado”, citou – além das já mencionadas na parte I deste texto (rua em frente à FUNAD e de seu redor como a que fica a entrada da Justiça Federal e a outra onde está um órgão do INSS e a loja da Honda) – citou (repetimos) a Argemiro Figueiredo, a José Simões de Araújo, a Afonso Pena, a Sebastião Intoramense e até a Arthur Monteiro de Paiva (esta, na beira mar do Bessa, conhecemo-la bastante e realmente merece ser tratada devidamente, inclusive por ser área turística bem movimentada).

A outra mensagemfoi Marcone Fernandes Carvalho. Este – o Marcone – fez alusão especificamente à indicação de que a SEMOB/JP atente para nossas lombadas físicas, propondo que “encontre alguma forma de advertir, com uns 50 a 100 metros de antecedência, a existência de tais lombadas”.

E bem justificou: “Realmente existe aquela placa vertical, ao lado da via, dizendo que ali tem uma lombada. Mas essas placas são pouco vistas e elas estão já bem próximas às lombadas. Como o motorista está e deve estar focado mais na pista, devia haver alguma sinalização horizontal advertindo que a lombada está próxima”.

Parte deste assunto pessoalmente conversamos com um dos diretores da SEMOB/JP, Dr. Maximiano Machado. E ele nos chamou a atenção de que, sob o comando do superintendente Carlos Batinga, a (re)pintura da sinalização horizontal tem sido uma das prioridades. Entretanto – disse Dr. Maximiano – a própria firma contratada para os respectivos serviços muito lastimou que neste ano de 2017 tem tido muito dificuldade de execução desses serviços em função das vias molhadas decorrentes de chuvas. E que só conseguira realizar menos de 15% do que estava previsto.

De qualquer modo, estas palavras do Dr. Maximiano dão-nos ainda mais confiança de que a SEMOB/JP, mesmo com algum atraso, “vai dar um banho de tinta na cidade, reavivando toda sua sinalização horizontal e, com isso, propiciando mais segurança ao trânsito e embelezando nossas artérias” – conforme anunciou Dr. Batinga desde quando tomou posse como seu superintendente.

Leia Também