João Pessoa, 10 de dezembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
COMO MORADOR DE RUA

Britânico encontra irmão que não via desde bebê

Comentários:
publicado em 05/12/2017 às 09h38

O soldado britânico reformado Roy Aspinall saía de uma igreja em Wigan, na região metropolitana de Manchester, no Reino Unido, no último dia 12 de novembro quando viu um morador de rua sentado ali. “Ele parecia muito, muito familiar. Seus traços faciais eram como os meus”, disse Roy à BBC.

O homem era Billy White, até então um sem-teto que circulava pelas ruas desta cidade no norte da Inglaterra. “Estava ali para me sentar um pouco antes de achar um local para dormir”, disse Billy.

Roy aproximou-se do desconhecido e ofereceu um cigarro a ele. “Ele começou a me perguntar várias coisas: qual era meu nome, quem era minha irmã… Então, ele disse: ‘Sou Roy Aspinall. Sua mãe é a minha mãe, e sou seu irmão”.

Roy, de 36 anos, cresceu sem conhecer todos seus irmãos e não via Billy há mais de 20 anos. Billy, de 28 anos, sabia que tinha um irmão mais velho, mas pensava não ter como encontrá-lo. Depois do encontro inesperado, os dois compararam suas certidões de nascimento. “Mesma mãe, mesmo sobrenome e mesmo endereço”, disse Roy.

Ele disse ter “ficado muito emocionado” quando percebeu o acaso: “Liguei para a minha irmã e, quando vimos quem Billy era, eu estava em lágrimas”. Billy também se emocionou com o encontro. “Não dá para explicar o sentimento. É louco. Ainda estou em choque. Minha mãe sempre falou de Roy”, contou.

Roy disse que conhecer seu irmão o fez se sentir completo. “Era como se houvesse um quebra-cabeça gigantesco, mas eu não conseguia achar a última peça e, agora, parece que encontrei”.

Os dois irmãos dizem ter estabelecido uma conexão profunda entre si. “Sinto como se nunca tivéssemos nos separado. Ver meus traços faciais no rosto de outra pessoa é algo que eu nunca havia experimentado antes”, disse Roy, que se lembra de ter visto Billy pela última vez quando o irmão ainda era um bebê, na casa de um parente.

“Dizer ‘eu tenho um irmão’, usar essas palavras, é tão estranho. Mas é um sentimento muito novo para mim – de alegria, não de tristeza”.

Os dois são filhos de Lorraine White, mas, por questões de família, Roy foi criado por sua tia. Anos mais tarde, Lorraine teve Billy e cuidou dele até seus 10 anos de idade, quando o menino foi entregue aos cuidados do serviço social britânico.

Ele passou três períodos de sua vida morando na rua. O mais recente durou oito meses e acabou quando houve o encontro entre os irmãos. Agora, Billy não vive mais nas ruas. Pouco antes do Natal, passou a morar na casa de Roy a convite do irmão, que tem seis filhos.

Também conseguiu um emprego como assistente de motorista de uma empresa de logística. “A minha vida mudou quando Roy me encontrou. Hoje, ele cuida de mim como um irmão mais velho”, disse.

BBC

Leia Também