João Pessoa, 18 de outubro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
protesto contra prefeitura

Em Sapé servidores param atividades

Comentários:
publicado em 18/10/2017 às 08h39
atualizado em 18/10/2017 às 10h45

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sapé (Sindservs) paralisou suas atividades e realizou um protesto na manhã desta terça-feira (17) fazendo uma caminhada até a Prefeitura. Os trabalhadores alegam que a administração municipal está negando seus direitos.

De acordo com a presidente do Sindservs, Zilma Maria dos Santos, a categoria vai aguardar durante essa semana que a administração municipal entre em contato para negociar. Caso isso não ocorra, a promessa é que ocorram novas manifestações.

Anteriormente, os trabalhadores haviam participado de uma reunião com o prefeito Roberto Feliciano e a sua irmã e secretária de administração, Graça Feliciano. Ela informou que a Prefeitura está passando por dificuldades financeiras e, por isso, não pode atender às reivindicações.

“Nós sabemos que o número de contratados e a folha de pagamento do município são enormes, basta ver no Sagres ou no próprio site da Prefeitura. Não tem como justificar que não tem condições de realizar o pagamento dos nossos direitos”, declarou Zilma.

A pauta do sindicato cobra o descongelamento do anuênio e da ascensão funcional, além do pagamento atrasado do pessoal de apoio, adicional noturno, no terço de férias. Reclamam também que não estão recebendo adicional de insalubridade, de produtividade, adicional de periculosidade e gratificação de educação especial.

Outra reivindicação é o atraso no repasse às instituições bancárias dos valores retidos em folha de pagamento a títulos de empréstimos consignados.

MaisPB

Leia Também