João Pessoa, 07 de outubro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
FUTEBOL FEMININO

Sem Piedade, Iranduba goleia o São Raimundo-AM por 18 a 0

Comentários:
publicado em 07/10/2017 às 23h29
atualizado em 07/10/2017 às 23h31

adversário tinha limitações. Entrou em campo com apenas a goleira reserva e já tinha no histórico uma derrota por 14 a 0. Ou seja, as condições eram todas favoráveis ao Iranduba da Amazônia, em jogo válido pela terceira rodada do Amazonense feminino, neste sábado, às 17h30 (18h30 de Brasília), no estádio Ismael Benigno (Colina), na Zona Oeste de Manaus. E as meninas do Hulk não tiveram piedade. Golearam as rivais por 18 a 0, com nove gols marcados na primeira etapa e nove na segunda.

Os destaques da partida foram a atacante Kamilla, com seis gols, e a volante Djeni, com quatro, que na segunda etapa passou a jogar como centroavante. Os outros gols foram marcados por Moara (dois), Mayara (dois), Laura (dois), Giselle e Elisa. Essa é a primeira vitória na competição do Iranduba, havia perdido na primeira rodada por 1 a 0 para o 3B. Já para o Tufão, que venceu na segunda rodada o Rio Negro por 1 a 0, conhece a sua segunda derrota por goleada. Na primeira rodada havia perdido por 14 a 0 para o Penarol.

Com o resultado, o Iranduba agora ocupa a terceira posição, com três pontos. O Penarol, que venceu o Rio Negro, é o líder com sete pontos. Em segundo vem o 3B com quatro. O quarto é o São Raimundo com três e o lanterna é o Galo. Na próxima, dia 11, o Hulk encara o Rio Negro e o Tufão joga contra 3B.

9 a 0 no primeiro tempo

O Iranduba começou com ritmo forte. A equipe do técnico Adilson Galdino, campeão do mundo com o São José, abriu o placar logo aos 8 minutos, com Moara, que fez sua estreia. Ela recebeu na ponta direita e chutou cruzado na saída do goleiro. Dois minutos depois, Djeni amplicou para o Hulk. Ela chutou de fora da área, a goleira ainda tocou na bola, mas não evitou o gol.

O terceiro do Hulk veio aos 16 minutos. Moara novamente. Recebeu na esquera, tirou a marcadora e bateu na saída da goleira. O quarto, aos 17, foi de Mayara vaz que, após roubada de bola, bateu no ângulo esquerdo do Tufão. E, aos 25, Mayara fez o segundo dela e o quinto do Hulk no jogo, após receber na frente e bater na saída da goleira.

E não parou por aí. A atacante Kamilla fez o sexto aos 29, ao receber na frente e bater na saída da goleira. Aos 34 foi a vez de Djeni. A capitão do Hulk manou um balaço da entrada da grande área, sem chances para a arqueira, e ampliou: 7 a 0. Kamilla fez mais dois. Um aos 36 na saída da goleira, ao chutar, e outro, aos 43, meio que sem querer. A zagueira tentou tirar com chutão, a bola bateu na atacante do Hulk e entrou: 9 a 0 apenas no primeiro tempo.

Mudanças e mais nove gols

No segundo tempo, o técnico do Iranduba, Adilson Galdino trocou seis jogadoras (número que a competição permite) de uma vez. Gisele, Sinara, Laura, Larissa, Thais e Elisa entraram no lugar de Letícia, Monalisa, Mayara Vaz, Mayara Bordin, Mari e Moara, respectivamente. Pelo lado do São Raimundo, saiu a goleira Beth e entrou a reserva Larissa. Apesar das mudanças, o ritmo e o número de gols foram os mesmos do primeiro tempo.

O Ianduba fez o décimo gol logo com um minuto. Kamilla recebeu passe de Elisa e marcou. Um minuto depois foi a vez de Laura fazer de cabeça. Não perca as contas. Foi o 11º gol. Aos 16 a lateral Gisele recebe na frente e bateu na saída da goleira e fez 12 a 0. Para não dizer que o Tufão não chegou nenhuma vez ao ataque, aos 21 Ketlen fez o único ataque do time na partida. Partiu pela direita e cruzou nas mãos da goleira Sol.

 Aos 23 minutos, Larissa foi derrubada na área e o árbitro marcou pênalti. Djeni cobrou e fez o 13º gol do Hulk, aos 24. Na sequência, Kamilla marcou mais dois, aos 25 e 26, respectivamente. Aos 30 foi a vez de Elisa. Depois, aos 31, Laura marcou após passe de Djeni. E, para finalizar, aos 43, Djeni marcou o 18º. Recebeu na entrada da grande área e bateu no canto esquerdo da goleira.

Globo Esporte 

 

Leia Também