João Pessoa, 23 de setembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
tragédia

Crocodilo mata jornalista em lago no Sri Lanka

Comentários:
publicado em 15/09/2017 às 15h15
atualizado em 15/09/2017 às 15h16

Um crocodilo matou um jovem jornalista britânico que trabalhava para o jornal “Financial Times”, quando ele estava de férias em Arugam Bay, na costa leste do Sri Lanka, informaram nesta sexta-feira (15) à Agência Efe fontes oficiais.

A vítima, identificada como Paul McClean, de 25 anos, morreu ontem à noite após ser atacado pelo animal quando estava lavando as mãos em um lago da região, famosa entre os surfistas, disse uma fonte da Divisão de Imprensa da Polícia.

Dois moradores da região alertaram o grupo com o qual McClean viajava, após vê-lo sacudindo os braços em sinal de socorro e pouco depois a Polícia e o Exército da ilha fizeram uma operação de busca na margem do lago, onde supostamente aconteceu o ataque.

Mergulhadores da Marinha local encontraram hoje o corpo do jovem, que foi levado a um hospital de Ampara, também na costa leste do Sri Lanka, para ser submetido a uma autópsia, detalhou a fonte.

Segundo a versão das testemunhas, a vítima tinha se separado do grupo para procurar um banheiro quando foi surpreendido pelo crocodilo.

O “Financial Times” confirmou a morte de McClean em um texto em que o descreve como um jornalista “talentoso, ativo e dedicado”, e com um “grande” futuro, em palavras do editor-chefe da publicação, James Lamont.

A vítima trabalhava atualmente na delegação do jornal em Londres, após passar um período em Bruxelas.

UOL

Leia Também