João Pessoa, 20 de setembro de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
APÓS VÍDEO

Camila quer discutir violência nas escolas

Comentários:
publicado em 15/09/2017 às 11h49
atualizado em 15/09/2017 às 13h50

A deputada estadual Camila Toscano (PSDB) propôs uma discussão na Assembleia Legislativa sobre a violência dentro das escolas. Ela apresentou requerimento após o vídeo que circulou nas redes sociais onde um menino de 9 anos foi agredido com chineladas por dois adolescentes de 14 e 15 anos em uma escola da rede municipal em Brejo do Cruz, no Sertão da Paraíba. Toda a agressão ocorreu sobre o olhar de duas funcionárias da escola, que até riram da situação.

“A violência é crescente em nossas escolas. As crianças reproduzem o que estão vendo em casa e na rua. Estamos acompanhando brigas, agressões e até assassinatos dentro das instituições de ensino e isso é um problema de toda a sociedade. Carecemos da união dos órgãos públicos, entidades e da população em geral e não podemos ficar jogando para baixo do tapete um problema tão grave”, disse.

Camila defendeu que é preciso fazer uma discussão mais aprofundada e elaborar um pacto pelo fim da violência nas escolas. “Todos precisam se envolver nesse processo: os pais, os educadores, gestores, parlamentares e sociedade em geral. Não podemos deixar que as escolas sejam tomadas pela violência, pois esse deve ser um lugar onde os nossos filhos estejam seguros”, afirmou.

MaisPB

Leia Também