João Pessoa, 30 de agosto de 2017 | --ºC / --ºC Dólar - Euro

ÚltimaHora
ESTELIONATO

Corretor é preso por golpe de R$200 mil

Comentários:
publicado em 30/08/2017 às 16h24
atualizado em 30/08/2017 às 18h19
A- A+

O corretor de imóveis Rodrigo Oliveira de Melo, de 35 anos e Jefferson Freitas de Lima, “falso corretor”, de 26 anos,foram presos, na tarde desta quarta-feira(30), em João Pessoa, durante ação da Delegacia de Defraudações e Falsificações. A prisão foi realizada em uma residência nos Bancários.

Ao todo, a DDF localizou seis vítimas dos suspeitos, o que totaliza um prejuízo superior a R$ 200 mil no comércio de João Pessoa. Existem informações de que os suspeitos atuam ainda com a emissão de cheques bancários roubados e já fizeram diversas negociações fraudulentas de imóveis.

A Polícia Civil chegou aos suspeitos após denúncia apresentada por vítimas que estavam sendo enganadas em diversas negociações.

Uma das delas fez um depósito no valor de R$ 54 mil, na conta da esposa de Rodrigo, acreditando que estava depositando os valores na conta do proprietário. Os suspeitos marcaram um encontro em uma agência bancária, informando que seria para o financiamento do imóvel, o que não era real.

O golpe foi descoberto na manhã de hoje após o verdadeiro proprietário do imóvel ter sido localizado pela DDF e ter negado a versão apresentada pela dupla.

Os dois suspeitos foram presos em flagrante por estelionato e associação criminosa. Rodrigo responderá ainda, pelo crime de exercício irregular da profissão de corretor. Ele está suspenso pelo Creci há mais de um ano.

A polícia tenta localizar mais dois outros corretores que participaram da negociação. A polícia orienta que as demais vítimas compareçam à delegacia.

MaisPB

Certificado digital mais barato para advogados e contadores Clique e saiba como adquirir

Leia Também